NOS KU NOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Fragata Álvares Cabral em missão de cooperação com Cabo Verde 01 Abril 2017

A fragata da Marinha Portuguesa “Álvares Cabral” chega, este sábado,01, a Cabo Verde. A missão, que se prolonga até o dia 12, enquadra-se na denominada iniciativa “Mar Aberto”, em que, além de apoiar a cooperação técnico-militar e colaborar com a Guarda Costeira, fará acções de patrulhamento do espaço marítimo sobre a jurisdição de Cabo Verde, à luz dos acordos estabelecidos entre Estados.

Fragata Álvares Cabral em missão de cooperação com Cabo Verde

Conforme o programa, o navio estará aberto ao público, para visitas, no dia 2 de Abril, nos períodos das 10:30 às 12:30 horas e das 14:30 às 17:00 horas no Porto Grande do Mindelo. Já no dia 10 de Abril, das 10:30 às 12:30 horas, recebe também vistas no Porto da Praia.

Durante a missão da fragata “Álvares Cabral” ao nosso país será desenvolvido um vasto programa de cooperação com as Forças Armadas de Cabo Verde. Este incluirá actividades de formação, treino conjunto e demonstração de capacidades de apoio humanitário em caso de catástrofe. Estão também previstas actividades de representação do Estado Português, com destaque para a visita ao navio do Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 9 de abril, na cidade da Praia. Isto sem contar com
a visita de associações e escolas ao navio e a entrega de material recolhido por elementos da guarnição e associações/entidades parceiras a projectos solidários como a ICCA (Instituto Cabo-verdiano da Criança e Adolescente), a Aldeias Infantis SOS Cabo Verde e à Diocese de Santiago.

Conforme a Embaixada de Portugal na Praia, a fragata Álvares Cabral participou recentemente no exercício OBANGAME EXPRESS ao largo da costa do Senegal, que terminou em 29 de março, tendo efetuado treino com o Navio Patrulha Guardião, da Guarda Costeira de Cabo Verde, na área do salvamento marítimo, combate a atividades ilícitas no mar e primeiros-socorros, entre outras. Essas acções serviram para demonstrar a interoperabilidade entre os meios de Cabo Verde e Portugal.

Navio escola e capacidade

A Álvares Cabral é um navio de escolta oceânico do tipo fragata, aumentada ao efectivo da Marinha Portuguesa em 24 de maio de 1991. Caracteriza-se por ser uma plataforma de média dimensão e tonelagem, com os seus 115,9 metros de comprimento e 3.200 toneladas de deslocamento. Dispõe de uma significativa polivalência em sistemas de comando, controlo e comunicações, armas e sensores, de grande versatilidade de emprego, boa sustentação e capaz de assumir em plenitude o seu potencial combatente quando integrado numa força naval.

Segundo o oficial Tito dos Santos Silva Precioso, Álvares Cabral é comandada pelo Capitão-de-fragata Paulo Jorge Gonçalves Simões, encontrando-se o navio pronto e treinado. A sua guarnição é composta por 135 militares - 23 dos quais são do sexo feminino - possuindo diversas valências. Conta ainda com uma força de Fuzileiros com 50 elementos, uma equipa do Pelotão de Abordagem dos Fuzileiros, uma equipa de mergulhadores e um médico, além de quatro oficiais oriundos da Alemanha, Brasil, Estados Unidos da América e Espanha, isto no âmbito de intercâmbio entre Marinhas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau