POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Governo quer reforçar o mutualismo nacional 11 Julho 2017

O Primeiro-ministro manifestou o desejo do seu governo em reforçar o mutualismo cabo-verdiano. Ulisses Correia e Silva fez esta declaração durante a sua distinção de Mutualismo e Solidariedade Internacional, atribuída recentemente pela União das Mutualidades Portuguesas.

Governo  quer reforçar  o mutualismo nacional

Reconhecido pelas várias reformas económicas que implementou enquanto Ministro das Finanças, entre 1999 e 2000, com fortes impactos no crescimento económico do país e na criação de empregos, e agora como Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, avançou que o governo deverá assinar, brevemente, um protocolo de cooperação com a União das Mutualidades Portuguesas, por forma a desenvolver o mutualismo em Cabo Verde.

Para o Primeiro-ministro, existe um historial de mutualismo importante no país, “de longa data” e numa altura em que o ambiente para exercer esta missão “não era muito propício”, pelo que se mostra pertinente desenvolver em Cabo Verde movimentos desta natureza.

Esta distinção vem reforçar este compromisso do Governo para com a União das Mutualidades Portuguesas, reiterou Correia e Silva, comprometendo-se como Primeiro-ministro de Cabo Verde a governar “olhando cada vez mais” para as pessoas.

Alerta que não será no sentido assistencialista, por considerar que esta é uma prática que não defende, assim como não defende o reproduzir da pobreza ou aproveitamento dela para fins político-partidários. Chefe do Executivo desafia que será feito o mutualismo, mas criando autonomia e autossuficiência nos cidadãos e nas famílias através de um ambiente favorável.

“Assim como estive na Câmara Municipal da Praia, durante sete anos e meio, numa função que inevitavelmente obriga-nos a uma gestão de proximidade, em que as questões sociais são fundamentais, no Governo, também será o mesmo” garantiu, mostrando que quando se lida com a melhoria das condições de vida das pessoas o importante é trabalhar aspectos individuais.

Ulisses Correia e Silva lembrou que assumiu a felicidade como a sua bandeira, durante a campanha eleitoral, e pretende concretizá-lo, a todos os níveis, enquanto Primeiro-ministro de Cabo Verde.

O Primeiro-Ministro recebeu a premiação de Mutualismo e Solidariedade Internacional, juntamente com o escritor moçambicano, Mia Couto, pela União das Mutualidades Portuguesas, numa cerimónia que se assinalou as comemorações dos setecentos e vinte anos de história do Mutualismo Português, celebradas durante o XII Congresso Nacional do Mutualismo, que aconteceu nos dias 7 e 8 de julho, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau