ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Governo reafirma a promessa de criar 45 mil postos de trabalho em cinco anos 18 Dezembro 2016

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, esclareceu, na cidade da Praia, que o seu governo prometeu aos cabo-verdianos 45 mil postos de trabalho num horizonte temporal de cinco anos e não em oito meses de governação.

O chefe de executivo, citado pela Inforpress, reagia assim, na sexta-feira,16, às declarações do PAICV, que acusa o governo do MpD de estar “a provocar o desemprego a dezenas de chefes de família, sem justa causa”. O primeiro-ministro disse que “um partido que esteve 15 anos no poder e deixou o país com um fraco crescimento económico não pode exigir que o governo crie 45 mil postos de trabalho em oito meses”.

“Um partido que esteve 15 anos no poder e durante todos esses anos deixou o país com uma elevada taxa de desemprego e dívidas acumuladas não pode esperar que em oito meses possamos fazer milagres”, salientou o primeiro-ministro.

Ulisses Correia e Silva garantiu que o seu governo está a trabalhar “num quadro de herança pesada” , para cumprir o objectivo de atingir os 45 mil postos de trabalho num horizonte temporal de cinco anos.
Na sua declaração à imprensa, o PAICV (maior partido da oposição) denunciou, na quinta-feira, casos de despedimentos de "dezenas de funcionários" das câmaras municipais e chefes de família como “actos de intimidação e de perseguição”, por parte do MpD (no poder).

Perante este facto, o principal partido da oposição lembrou que nas recentes campanhas eleitorais, o MpD prometeu, de entre outras coisas, 45 mil postos de "trabalho digno e felicidade para os cabo-verdianos".

O PAICV lamentou ainda os “despedimentos de dezenas de funcionários jovens e chefes de família”, nalgumas câmaras municipais ganhas pelo MpD, designadamente no Porto Novo, São Lourenço dos Órgãos, Tarrafal de São Nicolau e São Salvador do Mundo”.


Finte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau