ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Grupo RIU vai construir mais dois hotéis na Boa Vista 13 Junho 2016

O Grupo RIU sediado em Gibraltar vai construir mais dois hotéis, de 500 quartos cada, na ilha da Boa Vista – um deles será de cinco estrelas. Os projectos encontram-se já na fase de elaboração, mas o grupo já agendou para 2017 e 2018 a inauguração destes dois grandes empreendimentos turísticos.

Grupo RIU vai construir mais dois hotéis na Boa Vista

Os novos hotéis vão ser erguidos na Zona de Desenvolvimento Turístico Integrado (ZDTI) da Praia de Chaves, ao lado de outro empreendimento do Grupo conhecido por Riu Karamboa. Os projectos deverão ser apresentados à Sociedade de Desenvolvimento Turístico da Boa Vista e Maio (SDTBM) em breve e as obras arrancarão nas próximas semanas.

Estas informações foram transmitidas ao primeiro-ministro através da proprietária do grupo, Cármen Riu. A Ulisses Correia e Silva foi garantido que o grupo já adquiriu os terrenos na Boa Vista para construir os dois empreendimentos. Cármen tinha já transmitido ao chefe de Estado Jorge Carlos Fonseca a intenção do Riu em reestruturar os dois primeiros hotéis já construídos no Sal – um deles será elevado à categoria de cinco-estrelas.

“O grupo acabou de comprar alguns terrenos na Boa Vista para edificar dois hotéis na ilha. Dentro de um mês, pretendemos reestruturar os dois primeiros hotéis já construídos no Sal e um deles deverá ser elevado à categoria de 5 estrelas”, avançou a empresária.

Segundo Cármen Riu, com a realização destes novos investimentos o Grupo Riu perspectiva duplicar o número de trabalhadores que actualmente emprega: conta com 1800 colaboradores nas ilhas do Sal e da Boa Vista. Importa referir que a expansão do Riu Tuareg, um outro empreendimento do grupo, localizado na Praia de Santa Mónica, será inaugurada em Novembro deste ano.

Para os investidores, estas obras vão permitir ao hotel aumentar a sua capacidade de acolhimento de 880 para 1150 quartos. São mais 270 quartos a serem construídos nesta fase, que terá ainda uma terceira etapa, isto tendo em conta que o projecto inicial previa a construção de um hotel com 2 mil quartos.

Cármen Riu mostra-se, no entanto, preocupada com alguns problemas existentes na ilha das dunas. São os casos de insuficiência no fornecimento da energia eléctrica, a incapacidade do aeroporto Aristides Pereira em acolher mais voos nocturnos e as barracas que proliferam na Boa Vista.

CP

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau