ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Heritage entrega relatório que coloca Cabo Verde entre os 20 países mais reformadores 25 Junho 2014

O Primeiro-ministro, José Maria Neves, recebeu das mãos dos analistas da Heritage Foundation o relatório das Liberdades Económicas 2014, que coloca Cabo Verde no Top 20 do ranking das Liberdades Económicas na categoria dos melhores reformadores com uma subida de 16,4 pontos.

Heritage entrega relatório que coloca Cabo Verde entre os 20 países mais reformadores

O Índice da Liberdade Económica da Heritage Foundation coloca Cabo Verde no 1º lugar entre os países da língua portuguesa, com uma pontuação de 66,1, o que representa uma subida de 2,4 pontos relativamente a 2013. Esta subida no ranking é justificada pelos ganhos conseguidos a nível das liberdades de trabalho, empresarial, de investimento e a gestão dos gastos governamentais.

O documento realça que Cabo Verde volta a recuperar a 3ª posição no ranking regional, entre os 46 países da África subsaariana. A sua pontuação geral é maior do que as médias regionais e globais.

As autoridades nacionais dizem que o avanço de Cabo Verde está alicerçado na boa evolução que tem demonstrado em 7 dos 10 indicadores de liberdades económicas, com destaque para a liberdade comercial, liberdade financeira, controlo da corrupção e gestão dos gastos públicos do governo, quesitos nos quais o país atingiu uma melhoria pontual à volta de 25 ou mais pontos.

Esta melhoria catapultou Cabo Verde para a sua mais alta pontuação de sempre neste índice e firma o país no rol dos “moderadamente livres”. Os elevados níveis de liberdades económicas do país são reconhecidos pelo presidente da Câmara do Comércio de Barlavento/Agremiação Empresarial, Belarmino Lucas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau