REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Iraque: Morreu Jalal Talabani, obreiro da unidade nacional 04 Outubro 2017

A morte, esta semana aos 83 anos, deste antigo presidente que lutou pela unidade nacional não passa despercebida num momento em que o Iraque vive o dia seguinte ao referendo que votou a secessão curda.

Iraque: Morreu Jalal Talabani, obreiro da unidade nacional

As crónicas registam que o apelativo ‘Tio Jalal’, ‘Mam’ Jalal, em curdo, a sua língua natal, servia que nem uma luva ao presidente iraquiano que o parlamento escolheu em 2005. Pacificador, como o Iraque precisava na etapa de reconstrução necesssária que se seguiu ao derrube do regime de Saddam.

Jalal Talabani foi escolhido como um símbolo da unidade entre iraquianos de origem árabe, todavia divididos entre sunitas e xiitas, e a minoria curda, não-árabe, que representa um quinto da população iraquiana.

O presidente curdo e o primeiro-ministro xiit, Nouri al-Maliki, parecia a solução e funcionou nos primeiros anos dados os talentos de negociador do “Tio Jalal”.

Opositor da independência do Curdistão, que classificava de «impossível», Jalal Talabani defendia, em todos os fóruns internacionais, o imperativo da unidade nacional iraquiana.

Repetia que o Iraque se transformara em uma verdadeira democracia e que estavam a reduzir o estado de guerra permanente em que tinham vivido os curdos perseguidos nos trinta anos de Saddam. Nesse sentido, pedia que as tropas dos Estados Unidos ficassem mais tempo.

Fontes: Agências. Foto Getty/Rudaw.net

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau