Presidenciais 2016

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Jorge Carlos Fonseca reeleito: «Esta é uma eleição histórica» 03 Outubro 2016

«Esta é uma eleição histórica do ponto de vista de resultados». Foi desta forma que o candidato Jorge Carlos Fonseca reagiu à sua reeleição com um score de 74 por cento ao cargo de Presidente da República, no pleito eleitoral deste Domingo,02 de Outubro.

Jorge Carlos Fonseca reeleito: «Esta é uma eleição histórica»

«A vitória que alcançamos foi muito acima dos 70 por cento, vencendo em todas as ilhas, em todos os concelhos do país, em todos os círculos da diáspora. É a mais expressiva de sempre na democracia cabo-verdiana», fez questão de realçar.

Jorge Carlos Fonseca agradeceu a todos os cabo-verdianos que contribuíram para a sua reeleição. «Aceito de cada um de vós um abraço sincero e muito fico grato. Muito obrigado pela vossa confiança, pelo vosso apoio e pelo vosso voto. A democracia cabo-verdiana está de parabéns», disse.

JCF considerou, por outro lado, que a sua reeleição representa uma vitória para a cidadania e liberdade. « A minha eleição para um novo mandato, é uma vitória para a cidadania. É uma vitória para todas as mulheres e de todos os homens que prezam e acreditam no valor máximo da liberdade de poderem escolher quem os presentam», considerou o PR reeleito, que prometeu respeitar a constituição, ser um presidente imparcial e próximas das pessoas.

Jorge Fonseca desvalorizou, porém, o questionamento do candidato vencido Albertino Graça, que qualificou o JCF como um PR sem legitimidade por causa da alta taxa de abstenção registada no sufrágio deste Domingo.

Albertino Graça questiona legitimidade do PR eleito, Joaquim Monteiro diz-se satisfeito

Reagindo aos resultados eleitorais, o candidato Albertino Graça reconheceu a sua derrota e felicitou o Jorge Carlos Fonseca pela sua vitória, ao mesmo tempo que questionou a legitimidade deste por causa da alta taxa da abstenção (63.6%) registada no pleito eleitoral deste Domingo,02.Graça mandou também um forte abraço ao adversário Joaquim Monteiro.

O candidato mais à esquerda reconheceu que se tratou de umas eleições difíceis e que tudo fez para dignificar o processo eleitoral, realçando a participação dos seus votantes, com destaque para a juventude. Albertino Grande questionou a legitimidade do actual presidente, já que foi eleito apenas com 30 por cento dos eleitores inscritos. Por isso, propõe aos partidos políticos uma reflexão sobre essa matéria e a possibilidade de se instituir o voto obrigatório em Cabo Verde.

Já Joaquim Monteiro considerou ter alcançado o seu objectivo principal que era de conseguir um score eleitoral de pelo menos quatro mil votos. Monteiro anuncia que volta a concorrer às eleições presidenciais de 2021, depois de analisar os resultados do pleito deste Domingo e estudar melhor todo o processo eleitoral cabo-verdiano. Admitiu haver fraudes e pede que a CNE seja dotada de meios e fiscalizada pelas Forças Armadas.

Resultados provisórios

Conforme os resultados provisórios dos 1.158 mesas apuradas do total de 1.265 mesas, Jorge Carlos Fonseca conseguiu 74% (90.642) dos votos validamente expressos.

O concorrente Albertino Graça ficou na fasquia de 22,6 por cento (27.661) de votos. Já Joaquim Monteiro alcançou um score eleitoral de 3,4 por cento (4.213) dos votos expressos.

A taxa geral de abstenção foi de 63,7 por cento, o que corresponde a 220.401 eleitores que não foram às urnas - mais de metade dos inscritos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau