NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Lisboa-Cidade da Praia: Dança cá, dança lá: duas residências artísticas 23 Outubro 2017

Sara Estrela e Sara Anjo são as vencedoras da 1.ª edição do programa de Residências Artísticas em Dança, a realizar de 1 a 30 de Novembro – em Lisboa/Portugal e, reciprocamente, na Cidade da Praia/Cabo Verde.

Lisboa-Cidade da Praia: Dança cá, dança lá: duas residências artísticas

Segundo o Cenaberta online, o programa ocorre ao abrigo de protocolos de cooperação entre a Câmara Municipal de Lisboa (CML) e o Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP).

De acordo com a nota divulgada pelo Instituto Camões, o júri de selecção, constituído por João Fiadeiro (especialista na área da dança, convidado), Ana Rita Wever (CML) e Maria João Pinto Correia (Camões, I.P.) decidiu, por unanimidade, seleccionar o projecto da portuguesa Sara Anjo “tendo em conta o seu percurso e formação, bem como a consistência da proposta de trabalho apresentada, com o título provisório ’Mapas Intensivos’, a qual considera cumprir com o perfil e objetivos definidos para a Residência Artística (na Cidade da Praia), entendimento corroborado pelas competentes autoridades de Cabo Verde envolvidas na organização da residência.”

Também por unanimidade, refere o site do Camões IP, o mesmo júri decidiu seleccionar a proposta de trabalho da artista cabo-verdiana Sara Estrela, “considerando ’Luzia dja bai’, de que a residência de Lisboa fará parte, uma proposta com um forte potencial dramatúrgico na medida em que utiliza um acontecimento regular (mas imprevisível) do quotidiano cabo-verdiano como ponto de partida para a construção coreográfica da peça. Por outro lado, a associação que Sara Estrela faz desse evento disruptivo com a condição das mulheres emigrantes, é bastante interessante e consistente na relação que estabelece com a cidade de Lisboa”, conclui a fonte que vimos citando.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau