POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Legislativas 2016: Santo Antão ganha um deputado que Santiago-Sul perde 17 Janeiro 2016

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) aprovou, por unanimidade, o mapa com o número de deputados a eleger para a Assembleia Nacional nas eleições legislativas de 2016, a sua distribuição pelos círculos eleitorais no território nacional. A novidade é que Santiago-Sul que cobre a área metropolitana da Capital perde um deputado, que vai para o colégio eleitoral de Santo Antão.

Legislativas 2016: Santo Antão ganha um deputado que Santiago-Sul perde

A deliberação nº3, publicada no Boletim Oficial (BO) nº2, II Série, de 15 de Janeiro, indica que Santo Antão ganha mais um deputado, passando dos seis eleitos em 2011 para sete em 2016. Em contrapartida, Santiago-Sul, o maior círculo eleitoral do país, passa de 19 para 18 deputados.

Os 66 deputados a eleger para a Assembleia Nacional no pleito de 2016 Março, no território nacional, estão assim distribuídos: Santo Antão, com 29.633 eleitores inscritos, deverá eleger sete deputados, São Vicente, com 47.287 eleitores, vota em 11 eleitos nacionais, e São Nicolau, com 8.676, em dois deputados.

A ilha do Sal, com 15.013 eleitores, vota em três deputados, Boa Vista, com 5.270 eleitores, dois; Maio com 4.543 também elege dois deputados. Santiago-Norte, com 63.886, elege 14 deputados, Santiago-Sul, com 82.968, em 18, Fogo com 22.164, escolhe cinco. E, por último, Brava, com 4.103 eleitores, vota dois.

Os círculos eleitorais da diáspora - Europa, África e América - elegem dois deputados cada.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau