CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Liceu Eugénio Tavares cresce e ganha cara nova 23 Julho 2015

A ilha Brava vai ter um Liceu maior e totalmente requalificado. Com as obras na Escola Secundária Eugénio Tavares, a infraestrutura passa a dispor de dois pisos com 26 salas de aula, laboratórios, cantina, sala de informática, placa desportiva, jardins e espaços verdes. Uma resposta a antigas reivindicações dos moradores e da comunidade estudantil da ilha das flores. José Maria Neves fará o lançamento da primeira-pedra do projecto esta quinta-feira,23, na Cidade Nova Sintra, ilha Brava.

Liceu Eugénio Tavares cresce e ganha cara nova

A nova unidade escolar, desenhada a pensar na forte comunidade estudantil, responde a uma das maiores reivindicações dos moradores da ilha. Amândio Brito, delegado do Ministério da Educação considera que o gesto de lançamento da primeira pedra significa um passo “muito grande” na melhoria do serviço de educação na ilha. "É muito ansiada pela população, e é vista como uma solução e um desafio alcançado. Trará um novo alento ao ensino na ilha".

A Escola Secundária Eugénio Tavares acolhe perto de 500 alunos. Está a funcionar desde 1995 e nunca recebeu qualquer tipo de obras de requalificação. Segundo Amândio Brito, o projecto de requalificação do estabelecimento foi esboçado a pensar também na área técnico-profissional. “Passa a servir os alunos que querem seguir as áreas de, mecânica, construção civil, electricidade e outras vertentes” garante.

O Liceu vai ser construído em dois pisos. Comportará 26 salas de aula, salas de professores e informática, laboratórios, gabinete dos directores, anfiteatros, cantina e uma biblioteca totalmente equipada. Terá ainda, uma placa desportiva equipada para diferentes modalidades desportivas para servir a Cidade Nova Sintra e a ilha Brava.

As obras no Liceu, incluindo o seu equipamento, estão orçadas em 200 mil contos, e são financiadas pelo Fundo Kuwait e Árabe e pelo Governo de Cabo Verde. Vão ser executados no prazo de três meses.

Inauguração do teleférico

O Primeiro-Ministro, José Maria Neves vai aproveitar a sua estada naquela ilha para inaugurar o teleférico. Esta foi a solução encontrada para encurtar caminho e tornar mais fácil o transporte de carga entre Porto de Ferreiros e Lomba Tantum.

O teleférico é uma linha de ferro por cabo com mais de dois quilómetros. Para fazer a ligação entre os dois pontos, gasta-se apenas sete minutos pelo teleférico e em cada viagem é possível transportar cem quilos de carga. Nesta primeira fase, o teleférico serve para levar os equipamentos dos pescadores e dos barcos de pesca.

Ainda na Brava, José Maria Neves fará, o lançamento da 1ª Pedra da Placa Desportiva da Furna. Vão ser entregues 4 botes, motores e equipamentos salva-vidas a pescadores desta comunidade piscatória.

Nicolau Centeio

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau