POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Lider da UCID: Os partidos políticos do arco do poder andam a brincar à regionalização 09 Setembro 2017

O líder da UCID (União Cabo-Verdiana Independente e Democrática) afirmou, na manhã de hoje (08), no Mindelo, em conferência de imprensa, que os partidos políticos -MpD e PAICV - andam a brincar com a regionalização, uma “matéria muito séria”.

Lider da UCID: Os partidos políticos do arco do poder  andam a brincar à regionalização

O líder da UCID (União Cabo-Verdiana Independente e Democrática) afirmou, na manhã de hoje (08), no Mindelo, em conferência de imprensa, que os partidos políticos -MpD e PAICV - andam a brincar com a regionalização, uma “matéria muito séria”.

António Monteiro foi convidado pelos jornalistas presentes numa conferência de imprensa convocada pelos deputados municipais da UCID, que decorreu na sede do partido, a pronunciar-se sobre a regionalização, o tema da actualidade política nacional.

O líder partidário acedeu ao convite e reiterou a posição do seu partido, afirmando que sempre, desde a sua fundação em 1978, a UCID defende o modelo da regionalização política, “uma ilha uma região”.

António Monteiro afirmou ser a UCID a única formação partidária, pelo menos com assento parlamentar, que sempre optou pela regionalização política, enquanto o MpD (poder) e o PAICV (oposição) assumem posição contrária, ou seja, defendem a regionalização administrativa.

O líder partidário acusa o MpD de se ter aproveitado desta matéria para ganhar as eleições legislativas de 2016, prometendo iniciar o processo de regionalização logo no dia seguinte ao pleito eleitoral.

“A UCID sempre disse que era impossível porque o caso exigia dois terços dos deputados” no Parlamento, pelo que teria que haver negociações com o PAICV e, eventualmente, com a UCID.

António Monteiro insiste em que o seu partido “não pactua com a regionalização administrativa”, defendendo antes reformas profundas do Estado, possível com a regionalização política.

O dirigente partidário, igualmente deputado, é favorável a um governo com apenas quatro ministérios, logo com quatro ministros, incluindo o chefe do executivo, e a atribuição de questões sociais e económicas às regiões-ilha. Fonte: Inforpress

Detentora na sua posse de cópia do “draft” regionalização do MpD, que António Monteiro afirma defender o modelo regionalização política, o líder da UCID reitera que isso “não serve aos cidadãos, não ajuda as ilhas”.

A opção da UCID, expressa nos estatutos do partido desde a sua fundação, em 1978, segundo António Monteiro, é clara, mas tem faltado ao partido força parlamentar para avançar com o processo. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau