INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Mais de 130 mortos em sismo no México 20 Setembro 2017

A República do México está a viver uma situação de terror. É que um sismo de 7,1 que abalou, este terça-feira, o Sul do país, já provocou vítimas mortais em vários estados. A cidade do México tremeu exactamente 32 anos depois do terrível terramoto de 1985.

Mais de 130 mortos em sismo no México

Mais de cem pessoas morreram no México, após um sismo de 7,1 na escala de Richter ter abalado o país, exactamente 32 anos depois do terrível terramoto de 1985, que matou milhares de mexicanos. Segundo os dados avançados pela agência Reuters à 1h46, citando o chefe da Protecção Civil, 138 pessoas perderam a vida e vários edifícios ruíram. O sismo desta terça-feira, que ocorreu duas horas após o habitual simulacro de 19 de Setembro em homenagem às vítimas de há 32 anos, já é o mais mortal desde 1985.

O governador de Morelos, no centro do México, informou que se registaram pelo menos 54 mortos neste estado. O autarca da Cidade do México, Miguel Angel Mancera, confirmou a morte de pelo menos 30 pessoas na capital, acrescentando que pelo menos 44 edifícios colapsaram, cita a AP. Outras 26 pessoas morreram no estado de Puebla, localidade mais próxima do epicentro, afirmou Fernando Clemente, da Protecção Civil local, citado pela Reuters. Registaram-se ainda nove outras mortes no estado do México, informou o governador Alfredo Del Mazo à televisão local. O balanço das vítimas tem vindo a aumentar nas últimas horas e é expectável que continue a subir.

Alfredo del Mazo especificou à estação televisiva Televisa que uma das vítimas mortais é um trabalhador de uma pedreira que foi atingido depois de o sismo ter provocado um deslizamento de pedras, enquanto a outra morreu ao ser atingida por um poste, cita a agência Lusa referido pelo Jornal Público.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau