CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Médicos da “África Avanza” realizam ligamentoplastias em Cabo Verde 28 Fevereiro 2016

A equipa de médicos da organização não-governamental espanhola “África Avanza, que se encontra em Cabo Verde, realizou as primeiras ligamentoplástias da história do país. No término da 14ª missão, estes médicos retornam à casa satisfeitos com os resultados alcançados.

Médicos da “África Avanza” realizam ligamentoplastias em Cabo Verde

Integraram esta missão o médico-especialista em Traumatologia e Cirurgia Ortopédica, Javier Uribarri, a médica-especialista em Anestesiologia e Reanimação, Maria Rodriguez Losada, que trabalhou em estreita colaboração com o médico traumatologista de São Vicente, Tito Rodrigues. Este, para o efeito, deslocou-se à ilha do Sal para trabalhar com a equipa do África Avança no Hospital Público "Ramiro Figueira" da ilha do Sal.

Durante dez dias, realizaram 18 cirurgias traumatológicas, das quais três de ligamentoplastias. Foi a primeira vez que se realizou cirurgia desta especialidade aqui no país, devido à sua complexidade, exigência técnica e alto custo. Mas todas as cirurgias foram gratuitas.

Para além das cirurgias, os médicos desta ONG espanhola fizeram plantão de 24 horas, participaram de acções de voluntariado, fizeram doações de materiais. De referir que desde Outubro de 2002, altura em que esta ONG começou a vir para Cabo Verde, totalizaram 14 deslocações.

A África Avanza é uma associação formada exclusivamente por voluntários. Já efectuou um total de 412 intervenções cirúrgicas, algumas das quais realizadas pela primeira vez em Cabo Verde. Realizou igualmente 616 consultas e revisões, 68 ecografias e 11 cursos de formação, no quadro do programa Médicos Solidários para Cabo Verde (MSCV).

A próxima missão deverá acontecer já na primeira quinzena de Março, o que leva o responsável de comunicação desta ONG a afirmar que os MSCV contribuem de forma notável para a melhoria da saúde e bem-estar da população mais humilde de Cabo Verde e para a redução das listas de espera e dos custos de deslocação dos que têm de ser atendidos em hospitais fora do país.

Paralelamente, este programa mantém uma parceria com a Associação Chã de Matias que desenvolve um importante trabalho de acolhimento de centenas de crianças e adolescentes em situação de risco no Centro Comunitário dos Espargos, afirma Bianca Arrugaeta.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau