ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Ministério do Turismo e Câmaras Municipais de Santo Antão de mãos dadas por um turismo de qualidade 29 Mar�o 2015

O Ministério do Turismo, Investimentos e Desenvolvimento Empresarial (MTIDE) e as três Câmaras Municipais de Santo Antão - Ribeira Grande, Paul e Porto Novo - rubricaram esta sexta-feira, 27, na ilha das montanhas, um protocolo de colaboração para convergirem esforços no sentido de melhorar o fluxo e a qualidade do turismo na ilha.

Ministério do Turismo e Câmaras Municipais de Santo Antão  de mãos dadas por um turismo de qualidade

Com este protocolo o MTIDE irá acompanhar o crescimento do Turismo em Santo Antão, patrocinando actividades que integram a estratégia nacional, co-responsabilizar-se na correcção de desvios que perturbam a evolução do turismo. Isso, para além de coordenar com os demais ministérios investimentos convergentes no sector do turismo virados para segurança, saneamento, infra-estruturas, financiamento de caminhos vicinais e trilhos mais usados pelos turistas que apreciam o mundo rural e as belezas naturais de Santo Antão.

Já as Câmaras Municipais comprometem-se a consentir esforços e coordenar no sentido de haver um turismo organizado, inscrevendo nos respectivos orçamentos verbas voltadas para o desenvolvimento do turismo, para além de incrementarem as rubricas viradas para o saneamento, sinalização turística, segurança, formação de guias turísticos, agro-turismo, animação cultural e desportos de interesse.

Segundo Leonesa Fortes, o seu Ministério quer colocar Santo Antão num patamar que o permita explorar o Turismo como principal actividade económica.

“Reconhecemos que há muito potencial na ilha, a nível do turismo e outros sectores, mas estamos conscientes de que se, não houver uma congregação de esforços entre o poder central e local, os resultados tardam em chegar. Dai que tenhamos que trabalhar conjuntamente para que o turismo possa desenvolver em Santo Antão” assevera a governante.

Por sua vez, o presidente da Associação dos Municípios de Santo Antão, Orlando Delgado, mostra-se satisfeito com a assinatura do protocolo e vai conciliar aquilo que têm vindo a fazer no quadro do estatuto dos municípios de Cabo Verde.

“Entendemos que o turismo é um sector transversal que demanda um investimento, onde todas as intervenções devem ser conjugadas entre o poder local e central. E é neste sentido que temos vindo a trabalhar. Santo Antão tem um grande potencial e se houver vontade política a nível do País seguramente a nossa ilha ganhará porque podemos enriquecer aquilo que é o produto de Cabo Verde. Esse protocolo chega em boa hora porque vai consolidar este trabalho que nós temos vindo a desenvolver” pontua Delgado.

LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau