ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Ministro das Finanças participa na Assembleia Geral do BIDC em Nigéria 19 Agosto 2017

O ministro das Finanças, Olavo Correia, desloca-se, de 20 a 24 de agosto, a Abuja, Nigéria, onde participa na 15ª Assembleia Geral do Banco de Investimento e Desenvolvimento da CEDEAO - BIDC. Luís Barros, empresário cabo-verdiano, residente nos Estados Unidos, é apontado pelo Governo cabo-verdiano para o cargo de Administrador do BIDC.

Ministro das Finanças participa na Assembleia Geral do BIDC em Nigéria

A Assembleia deverá reunir os Ministros das Finanças ou os procuradores, dos 15 países membros da CEDEAO, para abordarem as atividades do Banco nos últimos anos e traçar as ações estratégicas para os próximos tempos. Os delegados avaliarão e discutirão a mobilização de recursos da instituição financeira, em particular o seu portfólio de financiamento e a necessidade de injeção de capital pelos Estados membros. As discussões também centrarão em questões operacionais e políticas, que vão desde aprovação de empréstimos, compromissos atualmente financiados e os status dos compromissos dos países membros.

O Governo de Cabo Verde tem lançado uma vasta missiva na procura de financiamento ao setor privado, bem como na mobilização de recursos para os projetos públicos, pelo que a participação nesta Assembleia Geral do BIDC representa uma importante oportunidade ao país.

O Ministro das Finanças faz-se acompanhar a Abuja por uma delegação de empresários que terão o suporte institucional do Governo de Cabo Verde na procura de financiamento. A melhoria das condições de partilha de risco e a criação de mecanismos para o melhor acesso ao crédito por parte das pequenas e médias empresas cabo-verdianas são, entre outras, importantes questões que o Ministro Olavo Correia leva aos diferentes encontros que terá com os órgãos do BIDC.

De realçar que o BIDC tem por objetivo geral contribuir para o desenvolvimento económico da África Ocidental tanto nos setores público como privado, através do financiamento dos projetos e programas da CEDEAO, nomeadamente em áreas como os transportes, a energia, as telecomunicações, a indústria, a redução da pobreza, o ambiente e os recursos naturais.

Luís Barros é o representante de Cabo Verde no BIDC

Segundo o governo, o empresário cabo-verdiano, residente nos Estados Unidos, Luís Barros, será apresentado por Cabo Verde na Assembleia Geral do BIDC para o cargo de Administrador.

Luís Barros acumula uma vasta experiência em empreendedorismo e investimentos, com mais de 27 anos no ramo, tendo constituído empresas que foram posteriormente adquiridas por gigantes mundiais como a Microsoft. É fundador e presidente do Conselho de Administração da empresa Leading Business Venture, (LBV) uma entidade de criação e aceleração de negócios. Fez, entre outros, parte das equipas que criaram e implementaram diversos programas de investimento como o Massachusetts Life Sciences Center (fundo de 1.000 Milhões USD), Eli Lilly Ventures (NYSE:LLY), e I.C. Sciences Corp.

Luís Barros é doutorando em Liderança Organizacional, na Universidade de Pensilvânia, EUA, desde 2016; Mestrado em Gestão de Empresas pela Escola de Gestão da Universidade de Cambridge, em 1996, e Licenciado em Gestão de Empresas pela Universidade de Gestão de Isenberg, EUA, em 1989.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau