REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Morre aos 105 anos o médico que aumentou a longevidade dos japoneses 24 Julho 2017

O médico Shigeaki Hinohara exerceu durante mais de cinquenta anos a profissão no St. Luke’s International Hospital de Tóquio. A direção do hospital anunciou a sua morte, por deficiência respiratória.

Morre aos 105 anos o médico que aumentou a longevidade dos japoneses

Tido como pioneiro em medicina preventiva, Hinohara introduziu métodos de diagnóstico que se tornaram o padrão para muitos japoneses da meia-idade, escreve o Japan Times desta quarta-feira.

Confiante de que a velhice devia ser uma época de partilha da experiência e sabedoria, incentivou a criação de grupos de cidadãos seniores que intervinham na vida social. Ele próprio exerceu a profissão até quase ao fim da vida - faleceu no dia 18 deste mês.

Em 2001 publicou “Ikikata Jozu” (“Como Viver Bem”), que reúne artigos e ensaios que escreveu desde 1937, o ano em que se formou. No livro, que vendeu mais de 1,2 milhões de exemplares, aconselha a viver segundo os princípios mais perto da natureza. Uma regra que seguiu até ao fim: recusou ser ligado a aparelhos de alimentação artificial e morreu em casa, rodeado dos seus.

Visão do médico salvou 639 pessoas atacadas com gás sarin no metro de Tóquio

Em 1994, como diretor do hospital, Hinohara fez instalar centenas de tubos de oxigénio distribuídos pelas paredes do edifício. Era uma medida preventiva a pensar na eventual ocorrência de um terramoto na capital de dez milhões de habitantes.

A capacidade preventiva de Hinohara é tida como o principal factor que salvou 640 pessoas vítimas do ataque com gás sarin. Uma arma de guerra química que em 2016 e este ano voltou a ser notícia, por estar alegadamente a ser usado na guerra da Síria.

O ataque de 1995, cometido pelo culto Aum Shinrikyo Usou no metro de Tóquio, provocou 13 mortes e feriu milhares de pessoas. Em duas horas, todos os que deram entrada no St Luke’s estavam ligados aos tubos de oxigénio e exceto por um todos se salvaram.

Fontes: Tokyo Times; BBC.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau