ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

MpD vai a directas no próximo Domingo: Ulisses Correia e Silva é candidato a solo à liderança 04 Janeiro 2017

É já no Domingo,08, que o Movimento para a Democracia vai a directas para eleger o seu presidente. O líder Ulisses Correia e Silva, que é o actual primeiro-ministro de Cabo Verde desde as legislativas de 20 de Março de 2016, é o concorrente a solo ao mesmo posto.

MpD vai a directas no próximo Domingo: Ulisses Correia e Silva é candidato a solo à liderança

O partido no poder está a ultimar o processo para renovar os órgãos nacionais, cujo mandato expirou desde o ano findo. Conforme anuncia na sua página oficial, as eleições do líder do MpD e dos Delgados à XI Convenção Nacional estão marcadas para o próximo dia 08 de Janeiro.

Este sufrágio secreto, directo e universal contará com a participação de todos os militantes com a capacidade eleitoral activa.
O processo decorrerá, segundo fontes deste jornal, junto das estruturas dos 22 Municípios do pais e das principais comunidades emigradas, com destaque para as dos países da Europa, América e África, onde existe maior número de militantes e simpatizantes do mesmo partido.

Estando há 9 meses à frente do Governo de Cabo Verde, a recandidatura de Ulisses Correia e Silva à liderança do partido é vista, internamente, de forma pacífica e natural. Isto apesar de algumas críticas, principalmente em Santiago e S.Vicente, segundo as quais «a actual liderança não está a articular bem com as bases sobre a governação do país».

Convenção e desafios da governação

Já a Convenção Nacional está convocada para os dias 03 e 04 de Fevereiro. Conforme chegou a admitir, em tempos, o membro da Direcção Nacional Miguel Monteiro, a magna reunião «irá centrar-se mais nos desafios da governação central e local do que em questões internas do partido, estando, no entanto, prevista a eleição de novos órgãos”.

Destaca o político que a Convenção vai ter que debater os problemas que têm que ver com os desafios do desemprego, da segurança e do crescimento da economia, pelo que o partido tem de estar engajado na sua resolução. “ Vamos reforçar esse apoio, pois, sabemos que este país tem futuro e que tudo vai melhorar com as medidas previstas no programa do Governo”, conclui Miguel Monteiro, que é também vice-presidente da bancada parlamentar do MpD na Assembleia Nacional.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau