ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Mudança na chefia da Sociedade de Desenvolvimento Turístico de Boa Vista e Maio 28 Agosto 2017

A mudança de chefia chega finalmente à Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas de Boa Vista e Maio (SDTIBM). O engenheiro civil Luís Nataniel Silva é o novo presidente do Conselho da Administração (PCA) da sociedade, em substituição do ex-ministro Avelino Bonifácio Lopes que regressa à consultadoria privada.

Mudança na chefia da Sociedade de Desenvolvimento Turístico de  Boa Vista e Maio

A nova equipa gerente da SDTIBM integra ainda mais administradores executivos: Rui Santos, que transita da gestão anterior e é formado na área de administração, e engenheiro Hérculo Vieira. Este vai deixar o cargo de presidente da Agência Nacional de Água, para passar a representar a Câmara da Boavista na mesma sociedade. Há mais dois elementos não executivos: arquitecto Carlos Borges, que continua a representar o Município do Maio, e João Spencer, com formação na Administração, que é nomeado pelo Governo.

Com mestrado na área hidráulica, o novo PCA é quadro da Enapor e fez parte do Conselho da Administração que foi chefiado por Carlitos Fortes, que deixou a empresa em Outubro de 2016. Luís Nataniel Silva assumiu já as funções desde a última sexta-feira, com a passagem de todos os dossiers. Substitui o ex-ministro da Economia Crescimento e Competitividade, Avelino Bonifácio Lopes.

«Avelino Bonifácio Lopes cumpriu uma comissão de serviço de três anos à frente da SDTIBM, que terminou desde o dia 04 de Julho. Antes disso tinha comunicado ao governo a sua intenção de não continuar no cargo. Vai regressar à actividade que gosta muito de exercer: a consultadoria privada, que vinha fazendo através do seu Gabinete, isto antes de ser membro do Governo de José Maria Neves e Presidente do CA da Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas de Boa Vista e Maio», revela uma fonte que lhe é próxima.

É de salientar que o objectivo da SDTIBM consiste, conforme o Decreto-Legislativo nº 1 de 2005 de 31 de Janeiro, no planeamento físico, na gestão e administração das Zonas Turísticas Especiais (ZTE) nas Ilhas da Boa Vista e do Maio - são constituídas por Zonas de Desenvolvimento Turístico Integral (ZDTI) e por Zonas de Reserva e Protecção Turística (ZRPT) -, com vista à promoção e desenvolvimento do turismo integrado nas duas ilhas de Cabo Verde.

Segundo a legislação em vigor, compete ainda à SDTIBM assegurar a compatibilização entre o desenvolvimento ambiental, infra-estrutural e urbanístico e o desenvolvimento turístico nas ilhas da Boa Vista e do Maio.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau