REGISTOS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Mulheres em fúria: luto na Globos de Ouro e grito na BBC 10 Janeiro 2018

O negro símbolo do luto é exibido na foto, por mulheres e homens do show-business, para denunciar a violência dos donos de Hollywood contra as mulheres. Força da mensagem em sintonia com o poderoso discurso político que Oprah levou à cerimónia dos ’Golden Globes’. Na poderosa BBC também uma jornalista soltou o verbo contra a discriminação salarial.

Mulheres em fúria:  luto na Globos de Ouro e grito na BBC

A editora da BBC na RP China assumiu o posto, mas cedo descobriu que os colegas a fazer o mesmo trabalho ganhavam mais cinquenta por cento que ela. Carrie Gracie não teve dúvidas: Demito-me! Explicou que "não gostaria de ficar como a mulher que está a pedir mais dinheiro", mas que perante a gritante desigualdade só lhe cabe demitir-se em protesto pela discriminação salarial praticada na empresa de comunicação mais prestigiada do mundo, a BBC.

Oprah 2020, entre show-bizz e política, proferiu um discurso que emocionou a plateia ao receber o prémio ’Golden Globe Cecil B. DeMille’. É a primeira vez que A América dá a uma afrodescendente o prestigiado prémio.
Fontes: CNN. Getty. Arquivo: Noruega o país dos salários transparentes

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau