DESPORTO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Não realização do jogo da primeira-mão das meias-finais: Conselho de Disciplina da FCF instaura um processo disciplinar ao FC Ultramarina 01 Julho 2017

O Conselho de Disciplina da FCF instaurou um processo disciplinar ao FC Ultramarina pela não realização do jogo da primeira-mão das meias-finais do Campeonato de Cabo Verde, no seu reduto.

Em comunicado de imprensa divulgado, a federação informa também que a equipa de São Nicolau já foi notificado da acusação e incorre, ou seja, pode vir a ser punido com uma pena de derrota no jogo não disputado, de multa de 15.000$00, de suspensão por uma época e ainda em indemnização à FCF, pelas despesas incorridas com as deslocações aéreas e estadias.

A nota informa, no entanto, que a Ultramarina tem o prazo de cinco dias, cujo o término será no dia 06 de Julho, para contestar esta decisão, advertindo que a falta de constatação vale como efectiva ausência do arguido (Ultramarina).

A Ultramarina, já informou que vai recorrer desta decisão da FCF, garantindo que vai marcar presença no jogo da segunda mão agendado para este domingo, no Estádio Adérito Sena, em São Vicente

Polémica com a não realização do jogo

O jogo da primeira mão das meias-finais entre Ultramarina do Tarrafal de São Nicolau e Mindelense esteve envolto em polémica e já vai em três adiamentos.

A partida estava marcada para sábado, mas foi adiado para domingo, porque parte da equipa do Mindelense não tinha chegado à ilha de São Nicolau, por ter ficado retida na Praia e no Sal.

No domingo, ainda se registava a mesma situação e o jogo foi novamente adiado para, terça-feira, por falta de uma ligação à ilha de Chiquinho.
As duas equipas mostraram-se desagradadas com a decisão, tendo a Ultramarina ameaçado não comparecer ao encontro.

Mas na tarde de última terça-feira as duas equipas e a da arbitragem dirigiram-se ao estádio, mas não apareceu ninguém para abrir as portas da infraestrutura desportiva municipal.

Assim, não houve jogo, uma situação que desagradou os adeptos e está a gerar polémica na comunidade desportiva cabo-verdiana. O ministro Elísio Freire, que tutela o Desporto, anunciou, nesta quinta-feira, no parlamento, que o governo, através de entidades adequadas, vai abrir um inquérito para averiguar e responsabilizar os autores que impediram a realização do jogo entre o Mindelense e a Ultramarina no Tarrafal de S.Nicolau.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau