MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Neonaticídio em França: Mãe congelou 3 filhos recém-nascidos 15 Julho 2017

Três corpos de bebé, descobertos na última terça-feira no porto de Morbihan, na Bretanha, norte de França, foram congelados pela mãe. Um caso de neonaticídio que interpela a sociedade francesa. As estimativas são de que ocorre pelo menos um infanticídio todos os dias no país.

Neonaticídio em França: Mãe congelou 3 filhos recém-nascidos

Detida na quinta-feira, a mulher de 50 anos –mãe de um rapaz hoje com 25 anos — contou à polícia que os bebés nasceram em 1998, 1999 e 2003 e que se serviu de um travesseiro para os sufocar. Confessou, mas não consegue explicar o seu crime.

O primeiro corpo foi encontrado na câmara frigorífica do barco de pesca onde a mãe é marinheira. Colegas dela fizeram a macabra descoberta.

A investigação levou a polícia até ela. Confessou que eram três e tinha começado por os guardar no congelador da sua antiga residência. Quando mudou de casa, teve de os deixar primeiro na arca frigorífica do barco. A polícia encontrou os outros dois embrulhados em sacos de plástico dentro da arca congeladora do novo domicílio.

Responsabilidade do pai

Este caso de infanticídio neonatal desperta de novo o debate em França sobre o porquê deste tipo de crime, que o senso comum considera contra-natura. Psicólogos têm referido que se trata de casos do foro psiquiátrico. Sobretudo a depressão pós-parto será a principal patologia responsável por tais crimes.

Por outro lado questiona-se porque é que o pai ausente nunca é investigado para se determinar o nível de responsabilidade. Este estado de coisas irá decerto mudar com a massificação dos exames de ADN.

Fontes: Le Figaro. Wikipedia (foto): Um pintor contemporâneo retrata um infanticídio (Pai está para matar o filho, mas é travado por mão divina).

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau