ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Olavo Correia: “Nosso enfoque não é o betão” 14 Junho 2017

“Estamos focado em projectos impactantes para a criação de emprego, sobretudo jovem, para as mulheres e, de um modo geral, na melhoria das condições de vida dos cidadãos”, defendeu o Ministro das Finanças, Olavo Correia, para quem o foco deste Governo não é o betão, mas sim as pessoas e o seu bem estar.

Olavo Correia: “Nosso enfoque não é o betão”

O Titular da pasta das Finanças que falava, na segunda-feira,12, no ato de abertura do atelier que tem por missão passar em revista a Cooperação Cabo Verde/Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) no período 2014/2018, apontou ainda o dedo ao baixo nível da execução do anterior Governo para com este importante parceiro do nosso país. E especificou: o Parque Tecnológico da Praia e os portos que estavam previstos para São Vicente, Sal e Maio e que não foram construídos.

“Este facto acabou por baixar o nível global de execução do anterior governo”, enfatizou o ministro em tom critico.
Olavo Correia explicou, porém, que o momento atual é de “reavaliação da carteira com o BAD de modo a enquadrarmos os projectos e podermos, a partir daí, definir os novos projectos que têm que ser agora incluídos neste ´pipelin`.

Como o Porto do Maio, a segunda fase do Porto da Palmeira e a aceleração do projeto do Parque Tecnológico”. O Governante alertou, entretanto, que a partir de agora os investimentos do nosso país terão que ser feito à base de critérios muito apertados e focados em sequências lógicas, e de acordo com as prioridades do nosso país. Ainda partilhados com a sociedade civil e devidamente esmiuçados pelo Parlamento “por forma a que cada decisão seja a melhor possível”, sublinhou.

O evento que decorre na cidade da Praia, tem por objetivo, além de passar em revista os Projectos fiananciados pelo BAD e em andamento, vai-se igualmente ministrar uma formação sobre os procedimentos de Procurement e desembolso do BAD. O Banco Africano de Desenvolvimento vem apoiando o nosso país deste 1977, com vários projectos executados numa carteira anual de cerca de 20 a 25 milhões de euros/Ano.

Vários são os projectos em andamento. Nomeadamente: Projecto de Expansão e Modernização do Aeroporto da Praia; Projecto de Desenvolvimento dos Sistemas de Transporte e distribuição de Electricidade em seis ilhas do país; o Parque Tecnológico; Apoio à Eficácia Económica e Promoção do Investimento; Preparação de um Projecto Piloto para o Reforço da Empregabilidade e Inserção de Jovens no Mercado de Trabalho.

Fonte: Site oficial do Governo de cabo Verde

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau