POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

PM defende compromissos a longo prazo para os jovens 15 Agosto 2017

Para o Primeiro-ministro, independentemente de ciclos políticos é importante estabelecer um forte compromisso com as gerações. Compromissos que produzam efeitos através de uma construção que envolve lideranças políticas, governamentais e da sociedade civil, para que se consiga maiores níveis de crescimento e de geração de empregos.

PM defende compromissos a longo prazo para os jovens

“É importante não reproduzirmos sempre aquilo que encontramos ao longo da vida, principalmente os jovens. Esses devem ser perseverantes em fazer mudanças importantes para a vida de uma nação. Para isso, é essencial acreditar que é possível melhorar significativamente aquilo que as gerações passadas ou atuais vêm fazendo, com espírito aberto ao mundo, à contactos e sem problemas de relacionamento com jovens do mundo” anotou o Primeiro-ministro, considerando ser a atitude certa para potencializar o desenvolvimento. Pelo que garante ser neste quadro que o Governo pretende aproveitar a oportunidade demográfica para num horizonte de dez/quinze anos moldar através da educação, e da formação, um perfil de jovens com fortes competências em línguas, ciências e tecnologias.

“Devemos preparar os nossos jovens para uma boa inserção na economia mundial globalizada do ponto de vista do conhecimento, de competências e de valores, quer para as necessidades de mercado interno, quer para a prestação de serviços internacionais a partir do país, quer para a prestação de serviços no exterior”, defendeu.

E de acordo com o Chefe do Governo, tendo em conta a transversalidade dos problemas dos jovens, torna-se um imperativo que essas soluções políticas emerjam das sinergias e cooperação efetiva entre várias entidades - Estado, Setor Privado e Comunidades, e que sejam políticas integradas, destinadas às famílias, à infância, à educação, à habitação, ao empreendedorismo, ao emprego, entre outras, direcionadas aos jovens.

Isso tendo em conta as prioridades do Governo que têm a ver com a criação de empregos, uma educação de qualidade e com o crescimento de uma economia coesa e sustentada, através de um trabalho “integrado” para que todos os jovens, de Santo Antão à Brava, tenham as mesmas oportunidades e que se possa inverter os dados que mostram que várias ilhas estão a perder a sua população jovem”, garantiu Correia e Silva.

O Primeiro-ministro fez estas considerações durante uma “Conversa Aberta”, em São Domingos, com jovens dos vários municípios da ilha de Santiago, no âmbito das atividades promovidas pela Federação Cabo-verdiana da Juventude, em alusão ao Dia Mundial da Juventude que se assinalou este sábado 12. Uma oportunidade que o Primeiro-ministro aproveitou para realçar o papel da federação que a seu ver tem funcionado como um espaço de cidadania e de mobilização dos jovens para questões importantes que se colocam à juventude.

Ainda durante as actividades, foi inaugurado o Centro de Empreendedorismo Jovem de São Domingos, num ato presidido pelo Chefe do Executivo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau