ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

PM participa na AG da ONU com emigrantes na agenda 14 Setembro 2017

O Primeiro-Ministro de Cabo Verde parte, no próximo dia 18, rumo aos Estados Unidos da América, onde vai participar, pela primeira vez, na 72ª Sessão da Assembleia Geral da ONU, que está marcada para 22 deste mês em Nova Iorque. Além de discursar na sessão, Ulisses Correia e Silva manterá contactos ao mais alto nível com dirigentes mundiais e cumprirá um vasto programa de contactos com autoridades norte-americanas e a comunidade cabo-verdiana radicada na zona da Nova Inglaterra.

PM participa na AG da ONU com emigrantes na agenda

A delegação que acompanha o chefe do Governo à Assembleia Geral anual da Organização das Nações Unidas integra o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares.

O executivo destaca que do programa do PM constam pontos como o discurso na Assembleia Geral no dia 22, encontros bilaterais ao mais alto nível com os chefes da delegação dos Países da CEDEAO e da CPLP e com o Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres.

«Ainda durante a sua estada nos Estados Unidos, o Primeiro-Ministro cumprirá uma visita de trabalho consubstanciada por uma importante agenda com vários encontros bilaterais e audiências com altas individualidades norte-americanas, assim como visitas às comunidades cabo-verdianas em Nova Inglaterra», diz em nota o Palácio da Várzea.

Revela o documento que vai marecer particular relevância a assinatura, no dia 24 de setembro, em Washington D.C, do acordo SOFA, que define o estatuto das Forças Armadas norte-americanas em território cabo-verdiano, por ocasião de exercícios militares conjuntos.

«Importa ressaltar, também, a participação na primeira Gala – ’Cabo Verde de Sucesso’ que será presidida pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, no dia 30 de setembro, em Boston, visando distinguir cabo-verdianos e descendentes de cabo-verdianos que se destacam na sociedade americana, na actividade política, empresarial, académica, científica, desportiva, cultural, na medicina e outras profissões», acrescenta o documento

De salientar que esta vai ser a primeira visita de José Ulisses Correia e Silva, enquanto chefe do Governo cabo-verdiano, aos Estados Unidos. Um país que o Palácio da Várzea considera ser «o parceiro de vanguarda e com o qual Cabo Verde está a concentrar esforços e energias para promover o reforço e o desenvolvimento de mecanismos eficazes de cooperação ao nível federal e descentralizado, nos domínios da consolidação da democracia, da melhoria do ambiente de negócios, da paz e da segurança, da promoção do investimento privado americano e da Diáspora no arquipélago e da melhor integração da maior comunidade cabo-verdiana no Mundo, residente nesse país».

Para o Governo, as relações entre Cabo Verde e os Estados Unidos - que são seculares e marcadas por indeléveis laços humanos - já consolidaram fundamentos relacionais robustos que Cabo Verde quer preservar e desenvolver, «privilegiando agora a implicação acentuada da nossa comunidade nos negócios e investimentos em Cabo Verde, facilitada por incentivos especiais».

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau