POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Caso das privatizações: PP exorta os cidadãos a exercerem a sua cidadania para evitar a delapidação do património público 19 Agosto 2017

O Partido Popular promoveu, esta semana, na Cidade da Praia, realizar um debate sobre a privatização das empresas públicas, que segundo o seu líder Amândio Barbosa Vicente, não foi uma propostas da campanha eleitoral do partido que suporta o Governo (MpD). No seu entender, “o Governo faz o que não prometeu e não faz o que prometeu”. Por isso, PP exorta a todos os cidadãos a exercerem a sua cidadania para evitar a delapidação do património público que é de todos os cabo-verdianos.

Caso das privatizações: PP exorta os cidadãos a exercerem a sua cidadania para evitar a delapidação do património público

Conforme diz em comunicado, o Partido Popular vê com muita “preocupação a transferência dos bens públicos para os privados, sendo certo que os exemplos das privatizações efectuadas nos anos 90 pelo MpD deixaram marcas da falta de transparência e de rigor na implementação deste processo”.

Para os populares, a privatização, no fundo, é um recuo do Estado social e das políticas económicas intervencionistas, porque vai diminuir a responsabilidade pública na garantia do bem-estar da colectividade. Uma medida que, na óptica do PP, configura uma contradição com a felicidade prometida ao povo de Cabo Verde, pois que toda a campanha eleitoral do MpD andou à volta do seu líder, como sendo a “SOLUÇÃO” para todos os problemas do país, afirmou Amândio Barbosa Vicente.

O líder do PP acrescentou que, durante as campanhas eleitorais, o MpD se apresentou como um partido “preocupado com o desemprego”, mas que “está a fazer o contrário”, depois de ter ganho as eleições de Março de 2016.

“Em decorrência das privatizações podem ocorrer mais desempregos”, prognosticou Amândio Barbosa Vicente, lembrando que o MpD tinha prometido criar nove mil postos de trabalho por ano e 45 mil até ao fim da legislatura e “está a acontecer o contrário”.

« Sendo assim, o Partido Popular exorta a todos os cidadãos a exercerem a sua cidadania, evitando a delapidação do património pertencente a todos os cabo-verdianos», apela o presidente do Partido Popular de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau