CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Plano de emergência: Alberto Nunes defende discriminação positiva para os Municípios essencialmente agrícolas 12 Outubro 2017

O presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Alberto Nunes, defende uma discriminação positiva no plano de emergência aos municípios que dependem quase que exclusivamente da agricultura e pecuária, para fazer face ao mau ano agrícola. Perante esta situação, o edil entende que deve-se privilegiar a criação de emprego público e não atribuição de apoios ou outras modalidades.

Plano de emergência: Alberto Nunes defende discriminação positiva para os Municípios essencialmente agrícolas

Alberto Nunes exemplifica o seu município, onde não existe um tecido empresarial forte e outras iniciativas privadas que poderiam criar emprego, na situação do mau ano agrícola. Sendo assim, as pessoas procuram mais vezes o serviço camarário para a resolução dos problemas, razão pela qual espera que o plano de emergência anunciado pelo Governo possa dar atenção maior a este município.

O edil garante que Santa Catarina já dispõe de ideia do plano de emergência para o município e que deve ser discutido com o Governo, observando que o plano de emergência para fazer face ao mau ano agrícola deve privilegiar a criação de emprego público e não de atribuição de apoios ou outras modalidades.

O cenário do ano agrícola no município de Santa Catarina do Fogo como no resto da ilha e do país é preocupante e pode ter reflexo quer na produção agrícola, quer na pecuária, como também no próprio sistema de abastecimento de água.

Segundo as autoridades locais, toda a zona sul do município de Santa Catarina, incluindo a parte alta, onde há grande concentração de gados, sobretudo caprino, o problema de pastos já se faz sentir e muitos criadores estão a fazer conta à vida de como salvar os seus efectivos.

Para alguns agricultores da ilha, a produção de milho está perdida, mesmo que venha ocorrer chuvas em Outubro e Novembro, que, segundo os mesmos, serão benéficas para alguma produção de feijões e alguns pastos, embora em quantidade insuficiente para as necessidades.

C/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau