ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Polémicas envolvendo Águas de Santiago: CA reconhece dificuldades de abastecimento de água mas promete resolução 24 Novembro 2017

A título de esclarecimento sobre as notícias veiculadas na comunicação social relativas á Empresa Pública Intermunicipal Águas de Santiago (AdS), nomeadamente no que diz respeito à deficiente abastecimento de água às populações e dívidas da empresa, José Alves Fernandes, presidente da Mesa da Assembleia Geral, em nome dos accionistas reconheceu esta sexta-feira, em Assomada, que volvidos dois anos de funcionamento da empresa, existem dificuldades, nomeadamente défice no abastecimento e dívidas para com os fornecedores. Mas, Fernandes garante que a empresa está trabalhar num quadro de compromisso visando a resolução dos problemas.

Polémicas envolvendo Águas de Santiago:  CA reconhece dificuldades de abastecimento de água mas  promete resolução

“Estamos a redefinir um quadro, uma baliza para o bom funcionamento da empresa; Estamos a apostar na regularização da dívida, aumentando e alargando a base de cobrança; Vamos adequar o modelo de negócio de empresa: - Passando pela terciarização de serviços, bem como focalizar e dar especial atenção aos grandes clientes; Ampliar o sistema de cobrança; Negociar investimentos com a banca, porque no domínio da água precisamos para toda a ilha de investimentos de mais de 1,5 milhões de contos”, reiterou presidente da Mesa da Assembleia Geral da AdS, em conferência de imprensa.

José Alves Fernandes afirma ainda que a empresa está tratar o assunto com “serenidade”, pois é preciso garantir esse bem a todas as famílias em quantidade e qualidade, mas sobretudo para garantir a sustentabilidade do desenvolvimento da ilha, porque as empresas e serviços que pretendem investir em Santiago olham primeiramente pela regularidade e disponibilidade do abastecimento.

Isso, segundo Fernandes para que a empresa AdS possa cumprir com a função à qual foi criada que é de resolver os problemas estruturantes da ilha em matéria do abastecimento de água.

Relativamente à auditoria, os acionistas, remata, farão a sua apreciação e tomarão as medidas que lhes competem, sendo certo de que outras instâncias farão o seu papel nos termos da lei.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau