CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Porto Novo: Moradores do Tarrafal de Monte Trigo querem uma ambulância e presença regular de médicos 10 Julho 2017

A população do Tarrafal de Monte Trigo, no interior do Porto Novo, ilha de Santo Antão, está “preocupada” com a situação da saúde nessa povoação, marcada por falta de uma ambulância e deficiente cobertura médica.

Porto Novo: Moradores do Tarrafal de Monte Trigo querem uma ambulância e presença regular de médicos

Segundo o representante dessa povoação, Arlindo Fortes, citado pela Inforpress, tem sido “um enorme sacrifício” transportar doentes, através de viaturas de caixa aberta, num percurso de 52 quilómetros, entre Tarrafal de Monte Trigo e cidade do Porto Novo, pelo que urge a colocação de uma ambulância no posto de saúde local.

Para Fortes, que é delegado municipal do Tarrafal de Monte Trigo, essa zona, uma das mais distantes da cidade do Porto Novo, é, geralmente, visitada trimestralmente por médicos, mas, avisou, a população considera “tempo de mais” para essa zona ficar sem a cobertura médica.

“Queremos a presença mais regular de médicos no Tarrafal de Monte Trigo”, pediu Arlindo Fortes, reiterando a necessidade, também, de uma ambulância nessa localidade.

Tarrafal de Monte Trigo, com cerca de mil e 200 habitantes, dispõe de um posto de saúde dirigido por um enfermeiro. Segundo ainda a agência cabo-verdiana de notícias, o próprio enfermeiro passa “durante semanas” fora dessa comunidade, informa Jailson Carvalho, presidente da associação Dar as Mãos a Tarrafal de Monte Trigo, que é uma organização não-governamental que tem vindo a apoiar essa comunidade sobretudo a nível de saúde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau