SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Criminalidade na Praia: Indivíduo morto a tiro quando tentava assaltar residência de um agente da polícia 23 Setembro 2017

O popularmente conhecido por “Homem-aranha”, de 40 anos de idade, foi morto a tiro, esta quinta-feira, 21, quando tentava assaltar a residência de um agente da Polícia Nacional, em Safende, Cidade da Praia. Desta feita foi o próprio dono da casa assaltada - um agente da PN - que agora se transformou alegadamente em assassino, embora há quem diga que agiu em legítima defesa.

Criminalidade na Praia: Indivíduo morto a tiro quando tentava assaltar residência de um agente da polícia

Segundo uma fonte policial, o agente da PN alegou que “Homem-aranha”, de 40 anos de idade, invadiu a sua casa para tentar roubar algo. Segundo vizinhos, o autor de disparo se encontrava a descansar e com medo de ser surpreendido pelo suposto assaltante, teve que disparar a arma de fogo contra a vítima, que teve a morte imediata. Tudo, segundo fontes da PN, em legitima defesa da sua vida e residência.

Fontes policiais alegam que “Homem-aranha” já teve vários antecedentes criminais por causa de assaltos a residências na Cidade da Praia.

Entretanto, o asemanaonline soube que o suposto homicida já se encontra detido e que será apresentado ao Tribunal da Comarca da Praia, nas próximas horas para os primeiros interrogatórios e medidas de coação.

Recorde-se que há pouco tempo aconteceu um caso idêntico na Praia, em que um assaltante foi detido e conduzido à Esquadra da PN, onde se presume ter morrido por espancamento pelo agente de Polícia Nacional, que foi suspenso e entregue depois à justiça.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau