ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Praia passa a ser a sede do IDC-África 08 Novembro 2014

O Comité Executivo da Internacional Democrata do Centro de África (IDC-África) reuniu-se durante toda a manhã desta sexta-feira, 07, na Cidade da Praia, com um ambicioso programa e produzindo resultados que o presidente Ulisses Correia e Silva considerou de muito satisfatórios. Na qualidade de presidente da IDC-África, Correia e Silva anunciou com orgulho o grande crédito que a reunião desta grande família política internacional concedeu a Cabo Verde: a mudança da sede de Bruxelas para a Praia.

Praia passa a ser a sede do IDC-África

Foi criado um departamento para jovens e mulheres e há a possibilidade do Parlamento Pan-Africano passar a ter observadores no Parlamento Europeu. Ao usar da palavra, o secretário executivo da IDC, António Lopez-Isturiz, justificou a escolha da capital cabo-verdiana para acolher a reunião da IDC-África nestes termos: “Praia é um destino atractivo e Cabo Verde é hoje, no contexto africano, sinónimo de desenvolvimento e gestão capaz, que permitiu um desenvolvimento económico que é exemplar para muitos”.

A componente africana sai reforçada deste encontro, garantiu o presidente Ulisses Correia e Silva, "porque optamos por adoptar um novo figurino que aumenta a autonomia financeira da sede, bem como a autonomia em termos de actividade". Com isto, enalteceu Ulisses Correia e Silva, “vamos ter a partir de agora condições para uma maior visibilidade política da IDC-África, maior capacidade de intervenção política em cada um dos países e maior capacidade de gestão de todo um processo político que entendemos ser necessário para que os valores da democracia, liberdade, justiça social e equidade possam afirmar-se cada vez mais em África”.

Mais resultados

Uma outra decisão saída deste encontro dos Democratas do Centro que Ulisses Correia e Silva considera de muito importante foi a criação de uma rede de influências das organizações da IDC África a nível das mulheres e da juventude: "Esta medida vai fazer com que a IDC-África esteja mais próxima da juventude para também poder ter mais influência e capacidade de penetração".

Ainda em resultado deste encontro na cidade da Praia ficou aberta a possibilidade do parlamento Pan-Africano ter observadores junto do Parlamento Europeu e vice-versa, representantes europeus no parlamento Pan-Africano. “Medidas que perfazem um conjunto de interacções que podem depois facilitar todo o trabalho de cooperação e relações entre as diversas representações”.

A visão do secretário executivo

Por seu turno, o secretário executivo da Internacional Democrata do Centro, António Lopez-Isturiz defendeu no seu discurso de encerramento que não é por acaso que o encontro foi realizado na Cidade da Praia e fundamentou: “Praia é um destino atractivo e Cabo Verde é hoje, no contexto africano, sinónimo de desenvolvimento e gestão capaz que permitiram um desenvolvimento económico que é exemplar para muitos”. Agradeceu ainda o Governo pelo apoio na organização do encontro, num gesto que considerou exemplar.

Para António Lopez-Isturiz, os temas abordados no encontro “são temas sensíveis para a sociedade cabo-verdiana e africana no geral, como também o são para a sociedade europeia”. Mais defendeu: “Questões que nos tornam irmãos e que devemos mudar juntos”. Entre estas questões desafiantes, o Secretário executivo da Internacional Democrata do Centro apontou a imigração, crise do Ébola, tráfico de seres humanos e o narcotráfico – assuntos que requerem, conforme enfatizou, a unidade de todos.

António Lopez-Isturiz enfatizou igualmente a importância da criação dos departamentos da juventude e para as mulheres do IDC-África - públicos que, segundo enfatizou, são os mais afectados pelo desemprego. Daí garantir acções da IDC para melhorar as condições laborais e a dignidade do trabalho para todos os membros na nossa sociedade.

O programa

O programa deste encontro em que Praia se estreia como sede da IDC-África, prolongou-se com uma conferência subordinada ao tema “Economia Social de Mercado - O ser Humano no Centro da Acção Política”. O último compromisso agendado é uma visita de uma delegação da IDC, representando os membros desta grande família política internacional de África Europa e América Latina ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

Sanny Fonseca

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau