ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Praia acolhe reunião da Comissão da Agência de Investigação de Acidentes Aéreos da CEDEAO 13 Dezembro 2017

Cabo Verde vai acolher a segunda reunião da Comissão da BAGAIA (Agência de Investigação de Acidentes Aéreos da CEDEAO), que começa, a partir desta quarta-feira,13, prolongando-se até os dois dias seguintes, na sala de conferências do Hotel Pérola, na Praia.

Praia acolhe reunião da Comissão da Agência de Investigação de Acidentes Aéreos da CEDEAO

Conforme a organização, em cima da mesa vão estar vários aspectos relacionados com o trafego de passageiros e a segurança área na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental.

A fazer fé nop seu istorico, foi a 29 de Janeiro de 2004, em Banjul, Gâmbia, em que se acordou, por decisão dos ministros responsáveis pela aviação civil de sete Estados da África Ocidental - Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa - a criação do Banjul Accord Group (BAG).

Do mesmo modo e por recomendações emanadas da Reunião de Navegação Aérea, Região Africana, realizada em 2008, em Durban, na África do Sul, os países africanos membros da ICAO concluíram pela necessidade da criação de Agências Regionais para Investigação de Acidentes, tendo em conta o desenvolvimento e o reforço da Segurança Regional. Tudo de modo a que os Estados possam cumprir os requisitos internacionais em matéria de Investigação de Acidentes, através de ações de colaboração e de partilha de recursos.

A pensarem nisso e por forma a cumprirem com as orientações do Conselho da ICAO no sentido da implementação deste programa, os Estados Membros do BAG (Banjul Accord Group) deliberaram, na sua 10ª Sessão Plenária, pelo estabelecimento da Banjul Accord Group Accident Investigation Agency (BAGAIA - Agência de Investigação de Acidentes).

Enquanto instrumento independente do BAG, esta agência é responsável por desenvolver a cooperação dos Estados Membros na área de investigação de acidentes e de incidentes graves. Isto por forma a garantir que o Plano de Segurança Operacional Global da Aviação Civil seja executado, com a criação de um órgão de investigação de acidente de aeronave adequadamente financiado, profissionalmente habilitado, independente e imparcial, dentro da mesma sub-região africana.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau