CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Projecto de construção da adega provisória do vinho CHÃ entregue à DGA 08 Abril 2015

A Direcção-Geral da Agricultura recebeu esta semana o projecto para a construção da adega provisória que deve garantir as actividades vinícolas deste ano - 2015. A estrutura será erguida no interior de Chã das Caldeiras. Enquanto isso, aguarda-se pela definição do local para construir da adega definitiva.

Projecto de construção da adega provisória do vinho CHÃ entregue à DGA

Segundo informações apuradas por asemanaonline, a adega para produção vinícola de 2015 começa a ser edificada com recurso a material pré-fabricado, já no próximo mês. Terá capacidade para 150 mil litros de vinho. O seu custo deverá rondar os 20 mil contos.

A unidade, que será construída à base de material pré-fabricado, é desmontável e poderá ser transportada com facilidade em casos de emergência. Também está concluído o projecto para a construção da nova adega de vinho de Chã das Caldeiras que será adaptada ao sítio determinado para a sua localização.

Recorde-se que a adega de Chã das Caldeiras foi consumida pelas lavas, na última erupção vulcânica. Curral de Asno (à entrada de Chã das Caldeiras), Montinho de Monte Velha e o Cabo Nho Ernesto são os três possíveis espaços identificados para a construção da nova adega de vinho de Chã das Caldeiras.

Para alguns produtores de Chã das Caldeiras, construir em Curral de Asno, à entrada de Chã, seria o ideal, uma vez que 60 por cento da produção de uva está localizada entre Cova Tina e Ilhéu de Losna. Erguer a adega em Curral de Asno não implica a construção de infra-estruturas rodoviárias.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau