DIÁSPORA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Diáspora "apreensiva" com eventos de Saint Louis, EUA: Detidos 80 manifestantes contra absolvição de polícia que matou jovem negro 20 Setembro 2017

Membros da comunidade cabo-verdiana nos Estados Unidos têm acompanhado com alguma “apreensão” a nova vaga de manifestações contra a violência policial. A comunidade "afro-americana" sai às ruas, desta vez em St. Louis, no Estado do Missouri, para protestar contra mais uma absolvição de um polícia “branco” que matou um jovem “negro”.

Diáspora

Mais uma vez, a comunidade "afro-americana" sai às ruas em protesto contra mais uma absolvição para um polícia, dito branco, que matou um jovem, dito negro. Mas não está só: manifestantes com intenções variadas, talvez até contraditórias, alinharam nos protestos.

A manifestação tinha começado tranquila, na sexta. No sábado à noite, ou no domingo à noite segundo outros relatos, o calmo protesto degenerou quando manifestantes começaram a partir vitrines (ver foto de detenção de jovem “branco”).

De sexta a domingo, segundo números da polícia, foram detidos 80 cidadãos de Saint Louis revoltados com absolvição de polícia que matou jovem negro. Estas detenções de manifestantes culminam a onda de violência iniciada na sexta-feira, 15, logo que se divulgou o veredicto do tribunal: absolvição para o polícia, dito branco, que matou um jovem, dito negro.

Provas plantadas pelo polícia? Tribunal diz que não há certezas, logo in dúbio pro reo

O réu é o ex-polícia Jason Stockley que em 2011, então com 36 anos, matou um suspeito de tráfico de droga, Anthony Lamar Smith, de 24 anos.

A acusação considerou provado que o polícia, que perseguia o carro conduzido por Smith, atirou contra o homem desarmado e em seguida colocou-lhe uma arma no carro.

Contudo, o tribunal considerou que as imagens de vídeo não esclarecem sem margem para dúvida a versão da acusação. No in dubio pro reo, decidiu absolver o polícia acusado. Fontes: Reuters. Foto AP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau