SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Criminalidade no Sal: Prisão preventiva e TIR para acusados de homicídio agravado, violação sexual de crianças e crimes contra propriedade 10 Abril 2018

A luta contra a criminalidade no Sal conhece novos capítulos com a Polícia Judiciária a desvendar os alegados autores de mais um caso de assassinato e outros crimes de abuso sexual a menores e antedada e contra a propriedade na ilha. Como consequência, o Tribunal da Câmara acaba de decretar a prisão preventiva para pelos menos dois dos arguidos detidos - outros dos suspeitos da violação de menores e adultos ficaram sob Termo de Identidade e Residência (TIR).

Criminalidade no Sal: Prisão preventiva e TIR para  acusados de homicídio agravado, violação sexual de crianças e crimes contra propriedade

Em comunicado, a Polícia Judiciária confirma que, através do Departamento de Investigação Criminal – DICS – deteve, no passado sábado, 07, um indivíduo do sexo masculino, de 28 anos, por estar indiciado na prática de um crime de homicídio agravado e vários crimes contra propriedade. Estes incluem casos de roubo (assaltos à residências e pessoas), furto e uso não autorizado de veículo, ocorridos entre abril de 2017 e março de 2018. Na sequência da detenção dele, foram recuperados vários objetos relacionados com a prática dos crimes referidos.

Segundo a nota da imprensa da PJ chegado à redacção do ASemanaonline, o detido, que conta com um longo histórico criminal, foi presente, na tarde de sábado, às autoridades judiciárias competentes para o primeiro interrogatório judicial de arguido detido, tendo lhe sido aplicado como medida de coação a Prisão Preventiva.

Mas os casos da criminalidade seguidos pela polícia no Sal não ficam por aí. A Polícia Judiciária informa que o Tribunal da Comarca também aplicou, como medida de coação, a um indivíduo de 28 anos, detido na quinta-feira, 05, indiciado na prática de um crime de abuso sexual contra a enteada, o Termo de Identidade e Residência - TIR, com a apresentação periódica e proibição de abandonar a ilha do Sal e de contacto com a ofendida.

Segundo a mesma instituição, um outro cidadão, de 24 anos, foi igualmente detido no mesmo dia pela prática de uma série de crimes de abuso sexual de crianças, ficou em Prisão Preventiva na ilha mais turística de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau