POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Santiago Sul: PAICV elege nova liderança nas directas deste Domingo 15 Outubro 2017

Os militantes do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) em Santiago Sul estão a votar desde as 08:00 de hoje, nas respectivas localidades, com vista a elegerem os novos órgãos da Comissão Política Regional. Nelson Centeio e Carlos Tavares são os candidatos que disputam o cargo de presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Sul.

Santiago Sul: PAICV elege nova liderança nas directas deste Domingo

Em declarações à Inforpress, Nelson Centeio, que exerceu o direito de voto na sua localidade, em Vila Nova, queixou-se da “fraca afluência às urnas” e disse ter constatado “muitos constrangimentos” em relação à sua candidatura.

“Um dos maiores constrangimentos é a recusa dos nomes da nossa candidatura para fazer parte da composição da mesa de assembleia de voto. Vamos apresentar o nosso protesto junto do presidente do partido e dos órgãos que supervisionam as eleições internas”, informou.

Nelson Centeio manifestou também a sua insatisfação pelo facto da sua candidatura ter constatado “muitas alterações” nos cadernos eleitorais.

Por sua vez, Carlos Tavares, após a votação, na localidade de Palmarejo, mostrou-se satisfeito pela forma como está a decorrer o processo de votação nas assembleias de voto e pediu aos militantes para afluírem às urnas.

Carlos Tavares,afirmou que o processo de votação das eleições decorre dentro da normalidade, pautado pelo sentido de “responsabilidade, serenidade e civismo” por parte dos militantes do partido.

As assembleias de voto estão abertas até às 17:00.

A disputa entre os dois candidatos acontece depois do Conselho Nacional do principal partido da oposição ter recomendado a realização de novas eleições dos órgãos da Comissão Política Regional, visando repor a normalidade de funcionamento da organização.

A recomendação para realização de uma nova eleição saiu de uma reunião do Conselho Nacional do PAICV, tendo em conta a demissão de mais de 50% dos integrantes da Comissão Política Regional de Santiago Sul.

Na ocasião, o porta-voz do Conselho Nacional e o vice-presidente do maior partido da oposição, João Baptista, disse que a normalidade no funcionamento dos órgãos deve ser resposta nesta região “crucial” para o país, sublinhando que as “feridas” decorrentes desta situação são saradas através de processos legalmente estabelecidos em democracia. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau