CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Santo Antão: Enapor considera que o Porto do Porto Novo tem capacidade para receber navios de cruzeiros de médio porte 28 Agosto 2017

O porto do Porto Novo, na ilha de Santo Antão, graças às obras de expansão e modernização de que foi alvo, nos últimos anos, passou a dispor de capacidade para receber navios cruzeiros de médio porte.

Santo Antão: Enapor considera que  o Porto do Porto Novo tem capacidade para receber navios de cruzeiros de médio porte

A informação, avançada pela Empresa Nacional de Administração dos Portos (Enapor), contraria assim aqueles que consideram que o porto do Porto Novo, que passou, com as obras de ampliação, a dispor de 245 metros lineares de berço de acostagem, não apresenta condições para receber navios de cruzeiros.

As autoridades locais, deputados nacionais e operadores turísticos têm vindo a insistir junto do Governo para a necessidade de se avançar com a segunda fase de ampliação deste porto por forma a receber navios de cruzeiros.

Esta infra-estrutura portuária, cuja primeira fase de ampliação foi implementada em 2011, tem todas as condições para receber navios de cruzeiros de médio porte, segundo uma nota da Enapor, a que a Inforpress teve acesso.

Em relação a navios de maiores dimensões, o porto, segundo a empresa, está dotado de uma plataforma flutuante que permite o desembarque dos turistas.

O caís, construído em 1962, foi modernizado em 2011.

Além de uma gare marítima, a maior e considerada a mais moderna de Cabo Verde, com capacidade para acolher 250 mil passageiros/ano, em condições de conforto, este porto possui, também, duas rampas roll on / roll off, uma de betão e outra metálica, que facilitam a descarga dos ferryboats.

Neste momento, estão já em fase adiantada de execução as obras de drenagem das águas pluviais à entrada do porto, financiadas pela Enapor, que consistem na construção de uma caleira de drenagem enterrada, em betão armado.

As obras visam ainda preservar a gare marítima que, aquando das chuvas de 2016, foi inundada pelas enxurradas.

Para os autarcas em Santo Antão, além do aeroporto, a segunda fase do porto do Porto Novo é, também, um projecto crucial para o desenvolvimento económico desta ilha. Fonte: Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau