POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

São Filipe: MpD anuncia criação da comissão eventual de inquérito duas semanas após deliberação na AM 29 Mar�o 2018

Em conferência de imprensa,o Movimento para Democracia (MpD), poder na Assembleia Municipal de São Filipe, anunciou a criação de uma comissão eventual de inquérito (CEI) para averiguar os actos da gestão da Câmara entre 1992 a 2016. José Henrique Freire, líder do grupo político do MpD na AM, disse que a comissão eventual foi criada na sessão ordinária de 16 de Março, há cerca de duas semanas.

São Filipe: MpD anuncia criação da comissão eventual de inquérito duas semanas após deliberação na AM

Conforme a mesma fonte, a comissão vai averiguar gestão da Câmara de São Filipe desde Janeiro de 1992, após as primeiras eleições autárquicas, prolongando-se até Setembro de 2016. Um período durante o qual o município foi administrado pelo PAICV com a gestão dos ex-edis Eugénio Veiga e Luís Pires.

O MpD elenca um conjunto de situações que considera ser de “irregulares e actos ilegais”. Alerta que a comissão de inquérito vai apurar as situações para uma eventual « responsabilização criminal dos seus autores» que geriram a edilidade “como autentica propriedade privada”.

José Henrique Freire fez questão de realçar que a criação dessa comissão "não vem na sequência de uma outra criada em Outubro do ano passado para analisar ilegalidades da actual câmara entre Outubro de 2016 e Junho de 2017".

O líder da bancada do partido no poder nega, por isso, qualquer relação entre as duas comissões, indicando que a solicitada pelo seu grupo “é séria” e propõe analisar ilegalidades praticadas durante o período referido.

Como apurou este jornal, nem a data para a comissão começar a funcionar nem o prazo para concluir o inquérito foram ainda determinados, mas José Henrique garante que o resultado será conhecido no mandato corrente, sem precisar uma data certa.

Enfim a Assembleia Municipal de São Filipe criou essas duas comissões de inquéritos que vão funcionar praticamente em paralelo - uma do MpD (poder) e outra do PAICV (oposição). O objectivo é a mesma: averiguar as eventuais ilegalidades ( de 1992 a 2016) do MpD) e as ( de Outubro 2016 a Junho de 2017) cometidas pelo PAICV). C/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau