NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

São Vicente: Festival da Baía arranca com fraca adesão do público 12 Agosto 2017

Por duas vezes, na noite de hoje, o apresentador de serviço da 33ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas apelou, segundo a Inforpess, à presença do público para receber “em grande” a fadista Mariza. É que, tradicionalmente, o festival começa na sexta-feira com fraca adesão do público, e com algum atraso.

São Vicente: Festival da Baía arranca com  fraca adesão do público

Mas salienta a mesma fonte que, desta vez, antes da hora prevista para o arranque, às 21:00, a organização anunciava que tinha tudo pronto mas que a questão era a fraca assistência, mais uma vez. Então, deu-se uma tolerância para que o povo da Baía das Gatas se aproximasse do palco para receber a fadista Mariza, tida como artista de renome mundial, que pisa pela primeira vez o palco do festival mais antigo de Cabo Verde.

No festival dedicado à juventude, com o lema “Amizade, convivência e responsabilidade”, 45 minutos depois das 21:00 lá soaram os primeiros acordes do tema “Bailarico saloio”, com que Mariza inaugurou a sua actuação, prevista para durar 75 minutos, no palco da Baía das Gatas.

Conforme a Inforpress, o apelo e a tolerância surtiram efeito e Mariza, quando entrou em palco, já teve razoável assistência para acompanhar a sua actuação e com um público a clamar pela sua presença.

A organização anunciou, por outro lado, uma alteração na programação para a noite de hoje, com entrada do cantor Toi Cabicinha, radicado nos EUA, e saída do elenco do Encontro de Vozes do interprete João Eugénio, da ilha de São Nicolau.

De acordo com a programa, ao longo da noite do primeiro de três dias do festival estão previstas ainda as actuações de Badoxa, de Angola, e de Joelma, do Brasil. C/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau