ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Tempestade tropical "Fred" evoluiu para furacão 31 Agosto 2015

O Centro Nacional de Furacões (NHC), da Universidade Internacional da Florida, nos Estados Unidos, avança que a tempestade tropical “Fred” passou para furacão na escala 1, com ventos que sopram a uma velocidade de 130 km/h.

Tempestade tropical

As ilhas do Sal e da Boa Vista, segundo NHC, foram atingidas na manhã desta segunda-feira, 31, com o aumento da intensidade dos ventos que sopravam a uma velocidade máxima de 130 km/h. Aliás, às 8 horas de Cabo Verde o furacão "Fred" estava a cerca de 35 km ao sul de Rabil, movendo-se em direcção ao noroeste.

Chegou a estar a 55 km da ilha das Dunas e, por causa disso, o Aeroporto Internacional "Aristides Pereira" da Boa Vista, foi encerrado. Registou-se ainda queda de árvores na cidade de Sal Rei e no Rabil. Já na ilha do Sal as ondas destruiram o Pontão de Santa Maria.

Entretanto, segundo as novas informações o furacão aproxima-se agora da ilha de São Nicolau, estando a 100 km da Ribeira Brava, deslocando-se à velocidade de 19 km/h.

Para o dia de hoje, em todo o arquipélago estão previstas chuvas fortes e inundações, principalmente nas zonas costeiras. Conforme o Instituto Nacional Meteorologia e Geofísica (INMG), o vento soprará acompanhado de trovoadas, durante a passagem do furacão “Fred”. A visibilidade estará má, inferior a cinco mil metros. Os ventos máximos vão ultrapassar os 60 km por hora.

Os furacões perdem força quando se aproximam de Cabo Verde, mas o "Fred" pode ser a excepção. Vários ciclones tropicais já passaram perto das ilhas de Cabo Verde, mas nenhum deles chegou em terra com força de furacão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau