ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Thomas Cook entra na hotelaria em Cabo Verde com marca própria 23 Novembro 2016

A Thomas Cook está a construir duas unidades hoteleiras no Sal, que deverão receber os primeiros hóspedes no Inverno 2017/2018, e pondera avançar com novos investimentos na ilha da Boa Vista. Estes empreendimentos dão sustentação ao recente anúncio da Thomas Cook Airlines, de que vai fazer ligações aéreas da cidade de Birmingham, na Inglaterra, para Cabo Verde.

Thomas Cook entra na hotelaria em Cabo Verde com marca própria

O complexo New Horizons Hotel Resorts, orçado em 80 milhões de euros, terá dois hotéis geridos pela marca do Thomas Cook Hotel Brands: o Sunprime Hotels, só para adultos, ou seja, maiores de 16 anos; e o Sunwing – Family Resorts, vocacionado para férias em família, escreve a Turisver.

Ao todo serão mais 600 quartos, 250 no Sunwing e 350 no Sunprime, incluindo apartamentos com piscina privada, além de várias outras valências e serviços específicos vocacionados para as duas gamas.

O empreendimento terá uma das maiores piscinas de Cabo Verde com 8.160 metros quadrados, ao que se juntarão dois restaurantes buffet, quatro temáticos, seis bares, 10 boutiques para área comercial, anfiteatro para 800 pessoas e centro de conferências com 700 lugares, bem como os serviços de Spa e ginásio.

O vice-presidente do Grupo Thomas Cook, que esteve de visita a Cabo Verde para lançar oficialmente o projecto, garantiu que há já intenções de avançar com “mais investimentos” para a ilha da Boa Vista, a curto prazo. A perspectiva do grupo é de trazer mais 75 mil turistas ao ano para o arquipélago.

Ligações aéreas

De recordar que, a Thomas Cook Airlines anunciou que vai fazer viagens de Birmingham para Cabo Verde a partir do Inverno de 2017. A venda da nova rota começou no dia 27 de Outubro e foi avançada pela travelmole.com/news. Este garante que a companhia vai iniciar voos a 15 de Dezembro, a partir do aeroporto de Londres - Gatwick - e pretende alongar a rota durante o próximo inverno.

William Pearson, director de aviação do aeroporto de Birmingham, disse que Cabo Verde está crescendo em popularidade para os amantes do sol e para os que querem fazer férias nesta bela ilha ao largo da costa da África Ocidental.

Neste sentido, este novo serviço é uma adição para o programa de Inverno
"Thomas Cook Airlines tem o compromisso de fazer crescer os voos em Birmingham com aeronaves adicionais e diversas novas rotas durante o próximo ano, pelo que temos que agradecer a companhia aérea para a escolha desta cidade e servir a nossa captação com excelentes voos e pacotes de férias."

Outras rotas

Outros voos de Birmingham para Cabo Verde serão executados a partir de 2 de Novembro de 2017 até 26 de Abril de 2018. Thomas Cook também irá operar voos de Cabo Verde durante todo o ano, tanto de Manchester e Gatwick onde antes havia somente voos sazonal. Estes voos eram operados por transportadoras parceiras mas, no futuro, estarão a cargo da Thomas Cook.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau