ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

União Europeia vai financiar requalificação de Salinas como ponto turístico 02 Dezembro 2015

A União Europeia (UE) vai financiar o projecto “Ecoturismo na Piscina Natural de Salinas”, da Câmara Municipal de São Filipe. Mais de 39 mil contos destinar-se-ão a requalificar toda a área da estância balnear de Salinas, para tornar a região mais atraente aos olhos dos turistas. É o despertar do Fogo para um dos seus pontos mais emblemáticos – que tem todas as potencialidades de atracção turística de alto padrão, fincado na originalidade da ilha do vulcão.

União Europeia vai financiar requalificação de Salinas como ponto turístico

A edilidade confirma a aprovação do projecto pela União Europeia. Entretanto, não avança prazo para o seu início. A única garantia é de que a UE fará a apresentação pública já em Dezembro. A requalificação física do acesso ao local é a prioridade do projecto. Prevê, igualmente, a instalação de equipamentos de segurança, iluminação artificial, abrigo para os botes dos pescadores e áreas de lazer, que confiram a este local o selo de sítio de interesse turístico.

Por outro lado, o envolvimento das comunidades próximas é o segundo foco, apostando-se na preservação ambiental, enquanto factor chave para dinamizar a economia da ilha. Mas para isso a autarquia precisa consciencializar a população, de modo a que ela tire proveito dos recursos sem descaracterizar o espaço, preservando-o para potenciar a actividade turística sustentável e solidária.

Orçados em mais de 39 mil contos, os trabalhos para requalificar toda a área da estância balnear de Salinas deverão durar um ano. Espera-se que concluídas as intervenções haverá mais turistas, nacionais ou estrangeiros, gerando naturalmente uma nova dinâmica económica à volta deste ponto da ilha do Fogo.

Além do sector turístico, serão beneficiadas as comunidades piscatórias de São Jorge, Campanas Baixo, Campanas Cima e Galinheiro, que retiram o seu sustento do mar, mas através do ancoradouro de Salinas.

Situada na zona norte de São Filipe, a estância balnear é famosa pela sua grande piscina natural de água salgada, muito procurada pelos amantes de mergulho e pesca submarina. Está suficientemente perto dos destinos ideais para a prática do turismo de montanha e actividades náuticas.

Salina Fogo Resort em construção

Outro elemento novo para a estância balnear de Salinas é a construção de um hotel resort. As obras já estão em fase bastante avançada. O Salinas Resort ocupa 10 mil metros de terreno, onde estão a ser erguidos seis bangalós, totalizando 10 quartos equipados, piscinas e restaurante. No piso superior haverá mais quatro suítes.

Quando o resort estiver pronto, Fogo alargará a sua oferta de camas e serviços de restauração e lazer, passando a ter sete empreendimentos hoteleiros. Neste momento, a ilha possui cinco hotéis – Xaguate, Savana, Casas do Sol, Santos Pina e Ola Mar –, além de pensões, 15 das quais em S. Filipe. Além disso, a construção do resort em Salinas ajudará a melhorar as condições de vida das populações mais próximas, ao dar emprego e fomentar o artesanato, a pesca semi-industrial e as actividades náuticas.

NICOLAU CENTEIO

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau