POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

VI edição da Semana da República: Movimentações politicas com debates para celebrar 13 e 20 de Janeiro 11 Janeiro 2018

À semelhança das edições anteriores, a Presidência República de Cabo Verde promove a 6ª edição da Semana da República, que decorre de 13 a 20 deste mês, na Cidade da Praia. São sete dias de muitas atividades programadas, com o propósito de realçar o significado histórico dos dias 13 (data da realização das primeiras eleições multipartidárias) e 20 de Janeiro (Dia dos Heróis Nacionais) e despertar a sociedade cabo-verdiana para o seu (re) conhecimento. Vão ser debatidos temas como o poder local/regional e os heróis nacionais, com destaque para Amílcar Cabral, que deram a sua vida para a independência da Guiné e Cabo Verde.

VI edição da Semana da República: Movimentações politicas com debates para celebrar 13 e 20 de Janeiro

De acordo com a organização, o evento conta com a participação de autarcas nacionais, representantes do Governo e de partidos políticos, estudantes, professores, investigadores, escritores e várias entidades nacionais e estrangeiras.

Conforme o Palácio do Plateau, «pretende-se com esta celebração afirmar o significado histórico desses dois feriados nacionais, considerados importantes para o país e o (re) conhecimento dos acontecimentos que estas datas assinalam, assumindo-as como conquistas da Nação cabo-verdiana».

Marcantes pelo advento da democracia e pela memória dos que tombaram ou dedicaram as suas vidas à causa da Independência da Guiné e Cabo Verde, as efemérides serão lembradas com a realização de conversas abertas sobre os heróis nacionais (o passado, o presente e o futuro), bem como por um ciclo de conferências à volta do tema “Poder local/Poder Regional: Que perspectivas?

A edição da Semana da República deste ano inclui, por outro lado, uma conversa aberta sobre os 70 Anos da Declaração dos Direitos do Homem, entre a Primeira-Dama Cabo-verdiana Lígia Fonseca e um aluno do Liceu Domingos Ramos, bem como um momento dedicado aos mais jovens, com a presença de escritores cabo-verdianos de literatura infanto-juvenil, no Conto da História.

Debate sobre o poder local/regional - Que perspectivas

Segundo a Presidência da República, o poder local, que foi criada há cerca de vinte anos, constitui um dos temas mais debatidos pela sociedade cabo-verdiana, pelas suas características “intrínsecas”. Realça que, nos últimos anos, diferentes perspectivas têm sido apontadas no sentido de se estruturar este poder de modo a torná-lo cada vez mais democrático e eficaz na realização das legítimas aspirações da sociedade.

Neste âmbito, discute-se a excessiva centralização do poder do Estado e o cabal aproveitamento das potencialidades das diferentes ilhas e concelhos no quadro do todo nacional.

Pela pertinência que apresenta e expectativa dos cabo-verdianos para a questão do poder local/regional, o Presidente da República tem insistido na necessidade dela ser debatida com a maior profundidade possível, de modo a permitir o melhor conhecimento das diferentes proposições, “condição necessária à tomada de uma posição consciente”.

A 6ª Edição da Semana da República culmina com a deposição de Coroa de Flores no Memorial Amílcar Cabral, a 20 de Janeiro, seguida de um almoço-convívio entre a Presidência e os membros da Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria (ACOLP). Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau