NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Vozes da África Lusófona lêem «O Testamento do Dr. Napumoceno»do escritor cabo-verdiano Germano Almeida em Lisboa 15 Novembro 2017

A primeira sessão do Grupo de Leitura “Vozes da África Lusófona” (GLVAL) sobre a obra “O Testamento do Sr. Napumoceno da Silva Araújo”, do escritor cabo-verdiano Germano Almeida, acontece, nesta quarta-feira,15, às 19h00, no Palácio Fronteira, em Portugal - Largo São Domingos de Benfica nº 1 - 1500-554 Lisboa. Apresentação do livro vai estar a cargo de Maria Raquel Álvares (CLEPUL/FL-UL), devendo Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa / FCFA) desempenhar o papel de moderadora.

Vozes da África Lusófona lêem «O Testamento do Dr. Napumoceno»do escritor cabo-verdiano  Germano Almeida em Lisboa

Com o apoio do Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras de Lisboa, da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica e da Antena 2, esta é a primeira de três sessões dedicadas à literatura africana de expressão portuguesa. A entrada é gratuita, mas é necessária se fazer a inscrição, através do e-mail fcfa-cultura@fronteira-alorna.pt ou do telefone 217 784 599.

Logo no segundo dia, 16, vai ser exibido o filme “O Testamento do Senhor Napumoceno” (1997), do realizador Francisco Manso. O destaque vai para Nelson Xavier, actor brasileiro que deu vida ao personagem principal Napumoceno da Silva Araújo, que foi um dos comerciantes de sucesso na cidade do Mindelo, neste filme baseado no romance « O testamento do sr Napumoceno da Silva Araújo» do escritor cabo-verdiano Germano Almeida, que reside na cidade do Mindelo de S.Vicente-Cabo Verde.

Já no dia 13 de Dezembro, o mesmo grupo de leitura debruçar-se-à sobre “Niketche”, de Paulina Chiziane, numa sessão com apresentação de Doris Wieser (CEC da Universidade de Lisboa) e moderação de Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa / FCFA).

A organização desse certame cultural salienta que a África lusófona continua a ocupar um “lugar de destaque” mas alerta que está “frequentemente mal conhecida junto do grande público no universo da literatura de expressão portuguesa”.

Para a mesma entidade, o objectivo deste Grupo de Leitura “consiste, precisamente, em proporcionar aos participantes o contacto com textos e imagens de autores oriundos de diferentes lugares da África que se exprime em português”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau