POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Câmara da Brava: Orlando Balla pede suspensão de mandato por motivos de saúde 24 Setembro 2017

O presidente da Câmara Municipal da Brava, Orlando Balla, acaba de pedir a suspensão do mandato por um período de dois meses, com efeitos a 01 de Outubro. Em causa está a situação de saúde do edil. O pedido foi dado a conhecer a todos os vereadores e os funcionários da edilidade, soube o ASemanaonline, junto de fontes próximas da edilidade.

Câmara da Brava: Orlando Balla pede suspensão de mandato por motivos de saúde

Passando por problemas de saúde, Orlando Balla deve viajar para os Estados Unidos da América. Com este pedido, o vereador da Juventude e Desporto, Francisco Walter Tavares, sucede a Balla na presidência da Câmara.

Sendo assim, Balla vai estar ausente da próxima sessão da Assembleia Municipal, a realizar-se no mês de Outubro, para análise e aprovação do Orçamento e Plano de actividades para 2018. Recorde-se que, a AM da Brava conta 13 deputados, sendodo 8 do MpD e 5 do PAICV.

Orlando Balla retrata-se no jovem da ilha que, por dificuldades financeiras, não pôde prosseguir os seus estudos. Por isso, teve de emigrar em 1968, primeiro, para Dakar onde permaneceu seis meses, tendo depois trabalhado num barco alemão por três meses antes de rumar à Holanda, terra onde residiu até 1971 quando decidiu partir para América.

Nos Estados Unidos começou a trabalhar nas fábricas antes de ter a oportunidade de voltar à sua vida de marítimo, na famosa companhia Exxon Mobile. Em 1981 obteve a sua licença como terceiro oficial, para suceder naquela hierarquia até chegar ao posto de primeiro capitão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau