SOCIAL

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Mais um caso de suspeita de tráfico de pessoas: Else ator e web designer do grupo de teatro Fladu Fla dado como desaparecido na Cidade da Praia 19 Mar�o 2018

A Companhia de Teatro Fladu Fla, através da sua página no Facebook, procura desesperadamente pelo amigo, companheiro, ator e web designer do grupo - Álvaro (ver foto no interior desta peça), popularmente, conhecido por “Else”.O jovem se encontra desaparecido desde sábado, 17, altura em que foi visto pela última vez, por amigos e familiares, na Cidade da Praia, e até agora não se sabe do seu paradeiro.

  Mais um caso de suspeita de tráfico de pessoas: Else ator e web designer  do grupo de teatro Fladu Fla dado como desaparecido na Cidade da Praia

O grupo cénico faz questão de alertar que aguarda « ansiosamente por qualquer informação, mesmo a que lhe pareça sórdida, sem sentido». Não se confirmando tratar-se de nenhum retiro do artista, suspeita-se que este pode configurar mais um caso que engrossa a lista “vermelha” do desaparecimento de pessoas na ilha de Santiago - eleva-se para oito o número de cidadãos nessa situação entre 2016 e presente data.

“Else”, que fazia parte da Companhia do Teatro “Fladu Fla”, foi visto pela última vez no passado sábado, 17, por amigos e familiares na Cidade da Praia, e até este momento, não se sabe do seu paradeiro - o grupo espera que nada de ruim venha acontecer com ele.

De acordo com uma publicação feita na página do seu Facebook, a Companhia Teatral e amigos, que se mostram preocupados com o desaparecimento deste actor e designer do grupo, aguardam “ansiosamente”, por qualquer informação sobre a localização de “Else”, através dos contactos: 972 7691 – 925 2295 – 976 7401.

Conforme Nereida Delgado vice-presidente do grupo reconfirmou, através da sua página via email - a este jornal, até à edição desta peça desconhecia-se o paradeiro do jovem - a informação do desaparecimento do Else constava na página oficial da mesma companhia teatral de Santiago.

MP e outros sete desaparecidos

De referir que o Ministério Público (MP) divulgou recentemente o primeiro Relatório Intercalar sobre a investigação do desaparecimento das pessoas na Cidade da Praia - mas não deixou transpirar para fora pistas de eventuais suspeitos. “A Equipa Conjunta é composta por dois magistrados, três elementos da Policia Judiciária (PJ) e dois da Policia Nacional (PN).

Segundo soube este diário digital, para além deste caso, contabilizam-se, pelo menos sete pessoas desaparecidas “misteriosamente”, nos últimos tempos, sendo quatro crianças e um adulto, na Cidade da Praia e dois adultos em Santa Catarina, de Santiago. Apesar das investigações da Polícia Judiciária (PJ), o paradeiro destes ainda é desconhecido. Suspeita-se existir uma rede de sequestro com tráfico de pessoas a funcionar em Cabo Verde, principalmente na cidade da Praia.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau