SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Suspeitas de sequestro de crianças em Achadinha: PN esclarece ser falso alarme 09 Fevereiro 2018

A população de Achadinha, na Praia, entrou, hoje de manha, em pânico por supostas informações de que chineses estiveram a sequestrar crianças deste bairro da Capital. Mas em nota remetida a este jornal, a Polícia Nacional esclarece que, a pedido de moradores, esteve no local e detectou que tudo não passava de falso alarme.

Suspeitas de sequestro de crianças em Achadinha: PN esclarece ser falso alarme

Tudo aconteceu junto à Praça KATXOR, na Achadinha, em que um aglomerado de pessoas acusavam um cidadão estrangeiro de tentativa de sequestro a crianças. Este caso chegou a ser noticiado por certos órgãos da comunicação social e nas redes sociais.

Chamado a intervir, a Polícia Nacional informa que tudo não passou de mal entendido, ou seja, de falas informações. «Efetivamente, a PN foi informada de que crianças estariam sendo sequestradas por uma viatura ocupada por chineses. Das diligências efectuadas no local e posteriormente na Esquadra, concluiu-se tratar-se de um mal entendido, uma vez que os cidadãos chineses se encontravam na sua lide diária e ao dirigirem-se para as suas viaturas das quais uma estava avariada, permanecerem no local à espera de ajuda, o que originou toda a suspeição e subsequente confusão», lê-se na nota a que este jornal teve acesso.

A PN faz questão de informar que « na viatura não se encontravam quaisquer crianças e nem tão pouco indícios que estavam ali para praticar qualquer crime».

Diante de tudo isto, a PN apela para a serenidade e colaboração de toda a população e «chama a atenção para o perigo da veiculação de falsas notícias». Reitera «que todos os esforços estão sendo feitos, em conjunto com outras entidades, para o cabal esclarecimento e resolução desses casos (supostos raptos/sequestros/desaparecimentos de pessoas) que têm inquietado a todos».

De salientar que, entre Agosto de 2017 e Fevereiro deste ano, já desapareceram cinco pessoas na Praia - uma mulher adulta e quadro crianças, sendo dois rapazes e duas meninas. As instituições judiciais e policiais estão a investigar esses casos.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert

Uhau

Uhau
Copyrights 2009 ASemana Online | Crédito: AK-Project