CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Pragas de tartaruga preocupam os agricultores do Fogo 12 Novembro 2016

A equipa técnica do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) retomou esta semana o combate a focos de pragas de tartaruga, mais conhecida cientificamente por Nezara Viridula e de “mangra preta”, que têm atacado as culturas na ilha do Fogo.

Pragas de tartaruga preocupam os agricultores do Fogo

As pragas, quer de tartaruga como de “mangra preta”, estão concentradas em algumas zonas e que a equipa técnica do ministério vai efectuar o tratamento de acordo com as solicitações e com o surgimento e localização das mesmas.

O Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) garante que estão criadas as condições mínimas para controlar as pragas.

Há ainda uma recomendação para os pastores guardarem os animais nos currais, pois o químico (fenitrothion)utilizado no combate à praga é altamente tóxico e poderá afectar os animais, caso ingiram plantas pulverizadas.

Os camponeses temem ainda o aparecimento de novas pragas, como gafanhoto e a mosca branca, que no ano passado atacaram fortemente a cultura de feijão congo. Apesar das pragas, em conversa com o asemanaonline, vários agricultores da ilha mostraram-se animados com as perspectivas do novo ano agrícola. E os homens do campo, principalmente das zona alta húmidas e sub-húmidas, já estão a saborear alguns produtos da terra, como abóbora, feijão, milho verde, entre outros.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
publicidade

Cap-vert

Uhau

Uhau