ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

Cuba exporta 40 toneladas de carvão para EUA: 1º passo para sair do embargo desde 1962 07 Janeiro 2017

Está a ser considerado um feito histórico, pelo seu grande significado económico e político a nível mundial. Na última quinta-feira, 5, em Havana, a directora-geral da "Cubaexport" e o seu homólogo da "Coabana Trading LLC" (foto) assinaram um acordo de exportação de carvão de marabu para os Estados Unidos da América. A primeira remessa, de quatro toneladas, chega no próximo dia 18.

Cuba exporta 40 toneladas de carvão para EUA: 1º passo para sair do embargo desde 1962

A imprensa internacional destaca que esta é a primeira vez em mais de 50 anos que se realiza uma transacção entre os dois países. Ou seja, desde que os EUA decretaram em 1962 o embargo económico a Cuba. É, assim, um passo importante na nova etapa das relações entre os dois países.

A exportação, este mês, de quarenta toneladas de carvão de marabu para os Estados Unidos da América destaca-se mais pelo seu simbolismo, por acontecer embora ainda permaneça o embargo.

A sua importância económica é reduzida, comparativamente à grande importadora que é a União Europeia. Todos os anos Cuba exporta entre 40 mil e 80 mil toneladas de carvão e o maior comprador é a União Europeia, a 402 euros a tonelada.

O "carvão limpo", vendido a 420 dólares por tonelada, será o primeiro produto cubano que chega ao mercado americano. Por enquanto produtos tão apreciados como os "havanos", o rum da ilha, continuam sem autorização para entrar legalmente nos EUA.

Carvão limpo

O carvão "de marabu" é um combustível de origem vegetal e o seu principal importador é o mercado da União Europeia.

Extraído duma árvore originária de África e fabricado de maneira artesanal, o carvão de marabu é tido como um produto limpo, muito menos poluente que o carvão fóssil.

Fontes: Granma, Le Monde

«Cuba agradece ao povo cabo-verdiano pelo apoio”

O embaixador de Cuba no nosso país, Alejandro Díaz Palacios, em entrevista a este semanário em Outubro último, agradeceu a “Cabo Verde (que) tem votado sempre a favor da Resolução da Assembleia-Geral de Nações Unidas que demanda a eliminação do bloqueio económico, comercial e financeiro imposto unilateralmente pelos Estados Unidos contra Cuba”.

O embargo a Cuba causou, em quase seis décadas de embargo, prejuízos que totalizam mais de 750 mil milhões de dólares.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter