ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

São Vicente: Índia pode entrar como parceiro na edificação de parques tecnológicos em Cabo Verde 14 Março 2017

O ministro da Economia declarou, nesta segunda-feira, em São Vicente, que a Índia poderá colaborar e comparticipar na edificação dos parques tecnológicos da Cidade da Praia e do Mindelo, que neste momento se encontram em desenvolvimento no arquipélago.

São Vicente: Índia pode entrar como parceiro na edificação de parques tecnológicos em Cabo Verde

José Gonçalves regressou hoje de uma missão à Índia, no âmbito do 12º Conclave Índia-África, e, à Inforpress, no Mindelo, considerou que os resultados da missão foram “muito bons”, a começar com o “abrir de portas” para o estabelecimento de parcerias.

“Abrimos aí um canal com a Índia no sentido de irmos estabelecer parcerias, uma vez construídos os parques tecnológicos, para ter o conteúdo em parceria com empresas indianas, e agora estamos a desenhar os pormenores”, concretizou o ministro.

Da mesma forma, a parte cabo-verdiana, que se encontrou com o ministro indiano responsável pelas áreas da Electrónica e das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e com a ministra do Comércio, manifestou o interesse numa colaboração no sentido da abertura de uma linha de crédito para pequenas e médias empresas em Cabo Verde, e uma outra complementar especificamente para o parque tecnológico.

É que, conforme explicou José Gonçalves, Cabo Verde terá dois parques teconlógicos, um na Cidade da Praia e outro no Mindelo, cada um com o seu respectivo data center, o que posiciona o arquipélago para o futuro na chamada “Era da internet das coisas”.

O ministro informou ainda que, dos contactos estabelecidos naquele país asiático, tido como uma das grandes potencias económicas da Ásia, trabalhou com responsáveis da Exim Bank da Índia e da Confederação da Indústria Indiana, e com empresas privadas, algumas das quais que já operam em África, como a Tata e a Mahindra, para auscultar o interesse em se instalarem em Cabo Verde, tratando-se de conglomerados com várias áreas de negócio.

O Conclave Índia-África, organizado pela Confederação de Indústrias e pela Exim Bank indiana, decorreu em Nova Deli (Índia), nos dias 9 e 10, e objectivou o estreitar das relações económicas entre aquele país asiático e o continente africano.

Este programa, que goza de um “forte apoio” dos ministérios da Indústria e Comércio e ainda dos Negócios Estrangeiros indianos, acontece anualmente visando facilitar encontros entre governantes, instituições e empresários destas duas regiões do globo, assim como “aumentar as exportações” e ter “maior presença” dos seus produtos no continente africano.

Desde a sua criação, em 2005, este Conclave já foi realizado a nível regional, nomeadamente no Senegal, Moçambique, Gana, África do Sul, Zâmbia, Etiópia, Costa do Marfim, Uganda e Tanzânia.

Mas a cimeira Índia-África, realizada em Nova Deli, em Abril de 2008, é considerada “a mais importante” por ter traçado as balizas da cooperação entre as duas partes e ao reconhecer que o desenvolvimento agrícola era importante para erradicar a fome e a pobreza e garantir a auto-suficiência alimentar.

Fonte; Inforpress

Os artigos mais recentes

26 Apr. 2017
OPINIÃO
Dias trumpianos

100% Prático

publicidade






Mediateca
publicidade

Cap-vert

Uhau

Uhau