ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro di?rio caboverdiano em linha

BCN: Resultados positivos de 103 mil contos em 2016 confirmam a solidez do banco 03 Abril 2017

O Banco Cabo-verdiano de Negócios entra o ano de 2017 com um resultado positivo de 103 mil contos líquidos. Esses dados constam das as suas contas referentes ao exercício do ano de 2016, que foram aprovadas durante a Assembleia Geral, realizada na semana passada, na Praia. Para o novo Conselho da Administração, estes resultados comprovam a solidez, a rendibilidade e a eficiência da instituição, que apresenta um rácio de solvabilidade de 19,5% (muito acima do limite mínimo de 10% estipulado pelo Banco de Cabo Verde), posicionando-se assim como um dos mais sólidos bancos do sistema financeiro cabo-verdiano.

 BCN:  Resultados positivos de 103 mil contos em 2016 confirmam a solidez do banco

Segundo informou o CA ao Asemanaonline, o grau de eficiência operacional do BCN, medido pelo rácio Cost-to-Income, mostra que o mesmo mantém níveis elevados de eficiência operacional, agora fixado em 41,5% em 2016 (40,7% em 2015).

Para a mesma fonte, os resultados líquidos da instituição em 2016 mostram ainda que houve um aumento de 100%, fixando-se nos 103 mil contos, com impacto positivo nos rácios de Rendibilidade dos Activos e dos Capitais Próprios, que se situaram nos 0,71% (0,38% em 2015) e 5,89% (3,14% em 2015), respectivamente.

De realçar que o BCN foi um dos primeiros bancos no mercado nacional a realizar a sua Assembleia Geral e a aprovar as contas referentes ao exercício de 2016. Tudo em cumprimento de uma disposição do Banco Central, segundo a qual as Instituições financeiras devem aprovar em Assembleia Geral o relatório anual de gestão e os demais documentos de prestação de contas, “obrigatoriamente nos três meses seguintes a contar da data de encerramento de cada exercício anual”.

Celso Lobo

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade






Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau
publicidade


Newsletter